Resenha do livro: Man Repeller de Leandra Medine

sexta-feira, 8 de agosto de 2014





                      Título original: Man repeller
                      Editora Novo Conceito
                      Literatura estrangeira/biografia
                      Número de páginas: 256


Sinopse: Em seu primeiro livro, a badalada blogueira e queridinha do mundo fashion conta suas divertidas memórias. Com jeito insolente, uma franqueza desconcertante e fotos de seu arquivo pessoal, Leandra compartilha detalhes da noite em que perdeu a virgindade, quando esqueceu de tirar as meias soquetes brancas, e descreve o momento em que percebeu que a clutch Hermès vintage da sua avó, feita de pele de avestruz, poderia guardar muito mais do que a chave e o celular. Leandra é a prova de que não precisamos trair nosso estilo repelente nem mesmo ao procurar o vestido de noiva (que pode ser muito bem ser combinado com uma jaquetinha perfecto de organza). Exibindo as opiniões originalíssimas de uma blogueira que ganhou milhões de fãs, este livro reúne experiências divertidas e meio bizarras, uma história amor superdoce e, acima de tudo, um lembrete para celebrarmos um mundo que é feito pelas mulheres e para as mulheres.


Eu nunca fui de acompanhar fielmente as novidades sobre o mundo da moda, talvez por isso ainda não tinha ouvido falar de Leandra Medine, dona do respeitado e famoso blog de moda pelo mundo: The Man Repeller. Eu considero o meu estilo um tanto básico e confortável, pois prefiro peças que posso usar em diversas ocasiões sem chamar tanta atenção como jeans, moletons, camisetas, rasteirinha, tênis, etc. Também gosto de caprichar no look e usar vestido, salto alto, couro e batom vermelho, mas em ocasiões especiais haha.

Man repeller ou repelente de homem, de acordo com a autora, é "vestir-se de forma tão ofensiva à moda que resulte na repelência a membros do sexo oposto. Roupas com essa característica incluem, mas não estão limitadas a, calças saruel, jeans boyfriend, macacões, ombreiras, jardineiras, joias que se pareçam com armas e tamancos." Ou seja, roupas que possuam um gosto duvidoso ou que sejam muito diferentes haha, mas cada um tem um estilo que se sinta confortável e admiro quem não liga para as opiniões alheias e sai assim mesmo.

Leandra tem um jeito irreverente e divertido de fazer suas postagens, por isso conquistou muitas leitoras, inclusive as famosas. O livro nos proporciona a descoberta de como a vida dela está conectada ao seu estilo ousado de se vestir, fazendo com que pensasse que suas roupas fossem o motivo do afastamento dos homens. Ela narra sobre sua vida desde a infância e como as roupas tiveram um papel importante em diversas situações. O mais legal do livro é como ela une as roupas com sua vida pessoal, já que essas peças mostram como somos ou queremos ser para o mundo.


"- Então você está dizendo que os caras não se interessam por mim por causa das roupas que eu uso? - Por que você está tão surpresa? - ela replicou. - Nós falamos sobre esse tipo de roupa o tempo todo." pág 160

O livro tem 12 capítulos e cada um é dedicado a uma peça de roupa e como ela influenciou algum acontecimento. São eles: O vestido em A; A bermuda; A maxissaia; O diabo veste valentino; A meia branca; A carteira de couro de avestruz; A lição da calça saruel; O smoking canadense; A cidade dos sapatos; O peplum; A calcinhas de menstruação; e O grande vestido branco (e uma jaqueta de organza). 

Neles acompanhamos fatos de sua vida, por exemplo, como foi sua infância, a adolescência quando ela engordou muito, quando se apaixonou pela primeira vez e teve o coração magoado, mas mesmo assim perdeu a virgindade com esse garoto. Quando ela teve uma crise existencial e acreditou que seu estilo fosse o culpado por seus fracassos amorosos. Ela é muito sincera e objetiva, deixando o texto muito divertido de se ler. Seus dramas cotidianos são fáceis de se identificar, por causa da honestidade das informações.

As histórias são muito divertidas, mas também têm uma pitada de drama. Leandra foi uma adolescente como outra qualquer que teve suas dúvidas e decepções amorosas, mas que enfrentava tudo de cabeça erguida. Ela encontrou no mundo da moda, um ponto de partida para vencer seus obstáculos e depois que criou o blog, sua vida não seria mais a mesma. Hoje ela é casada com seu primeiro amor (aquela que ainda era seu ex quando ela perdeu a virgindade) e é acompanhada por milhões de leitores no mundo todo.

A narrativa está em primeira pessoa por Leandra e é leve, divertida e envolvente. A diagramação é simples com diversas fotos em preto e branco dela e que estão relacionados aos capítulos. As páginas são amareladas e a capa está bem simples e alegre, porém não me agradou tanto. Recomendo para quem gosta de uma leitura leve, engraçada e com toques sobre moda.




7 comentários:

  1. Oiee

    Estou para ler esse livro logo, uma leitura leve as vezes cai bem, pretendo ler ainda esse mês!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Joyce.
    Eu vi a sinopse desse livro e não havia ficado muito interessada, pois também não sei NADA sobre moda.
    Mas parece ser super divertido e eu adoro histórias engraçadas da vida real.
    Beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta,
      É sempre bom ler livros divertidos rsrs
      bjs

      Excluir
  3. Olá Joyce,

    Esse livro esta na minha lista de espera de leituras, essa é a primeira resenha que leio dele e antes disso não sabia o que esperar, espero gostar, apesar das ressalvas....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Joyce, tudo bem?
    Eu sou básica também, não entendo praticamente nada de moda, o meu negocio são os livros mesmo hahaha eu também não conhecia a Leandra Medine e o seu livro parece ser bem divertido mesmo.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o blog.
Deixe seu link para que eu possa retribuir.
Obrigada e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...