Resenha do livro: Enquanto a Chuva Caía de Christine M.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014




                 Editora Novo Conceito
                 Literatura nacional/Romance
                 Número de páginas: 290



Sinopse: Erik não procura mais a garota dos seus sonhos. Vive em busca de adrenalina e de uma razão para continuar cumprindo tarefas obscuras. Ele sabe que é muito bom no que faz e não vê nada que possa ser melhor do que os seus dias repletos de perigo. O que Erik não esperava é que sua paixão por correr riscos seria a sua ruína. Ameaçado, ele precisa fugir para o exterior e viver disfarçado de cidadão comum, trabalhando como advogado em uma grande empresa. Marina comanda o império da família depois de seu pai ter sucumbido ao mal de Alzheimer. Precisa suportar ver os pais tombarem diante da ação implacável do tempo, enquanto ainda carrega a ferida provocada pela morte do jovem marido. Com o comando das empresas nas mãos, ela percebe que nem todas as atividades da corporação obedecem aos manuais de boa conduta. Quando ambos se encontram, presente e passado se misturam, dando início a um mistério arrebatador que os atrai a uma paixão incontrolável. No entanto, os segredos, cedo ou tarde, virão à tona e os colocarão em lados opostos da balança. Nenhum dos dois é inocente, mas será que eles aceitarão as verdades que tanto se empenham em esconder? É possível construir um futuro mesmo depois de descobrir que nesta história não há mocinha nem herói? 


"Enquanto a chuva caía" foi o primeiro livro que li da Christine e gostei bastante de sua narrativa. Ela conseguiu passar uma mistura de sentimentos e dúvidas, pois os protagonistas não são mocinhos e nem vilões e possuem uma história de vida complicada, por isso a história ficou tão verídica. Estou adorando que a Novo Conceito está publicando livros nacionais para todos os gostos.

A história é sobre Erik Gouveia e Marina Muller que estão com quase trinta anos, portanto são maduros e vão enfrentar uma história mais densa. Erik é um brasileiro que trabalha as margens da lei, pois é um "exterminador de bandidos" e "trabalha" para a polícia. Ele adora a adrenalina e perigo que seu trabalho proporciona, até que sua segurança fica ameaçada e ele se vê obrigado a sumir por uns tempos para sua própria segurança. Ele é advogado e passa a viver em Nova York e lá, trabalha numa grande empresa.

Marina é a responsável pelo império que sua família construiu, incluindo a empresa onde Erik trabalha. Ela passa a ser responsável pelos negócios depois que seu pai é diagnosticado com Alzheimer. Ela tem que enfrentar diversas pressões: ser a responsável pelos negócios, presenciar o afastamentos dos pais e encontrar forças dentro de si, pois é uma jovem viúva. Seu marido era médico voluntário e morreu na guerra há dois anos.

"Dúvida. É isso que te faz sair de onde está. É a dúvida, e não a certeza, que te tira o sossego e bagunça o que estava indo perfeitamente bem." pág 269

Erik sofreu muito com seu último relacionamento, pois a garota foi sequestrada e nunca mais foi encontrada. Marina não se envolveu com nenhum homem depois da morte de seu marido e todo dia vai até o cemitério para desabafar. Os dois estão travados para o amor, só que como a vida é surpreendente, eles vão se apaixonando, mas não será uma relação fácil. Cada um tem seus segredos e medos que podem atrapalhar esse novo relacionamento.

Marina é uma protagonista que tem seus bloqueios e não é santinha, mas ama o pai e encontrou em Erik um novo recomeço em sua vida. Erik é um rapaz não tão correto em seus ideais, porém vai descobrir que o amor pode ser o sentimento mais forte que poderá sentir. A história entre eles não será fácil, mas irá mudar a vida de ambos em todos os sentidos.

O que mais me agradou no livro foi a história ter um toque de realidade, pois na vida real não vivemos num conto de fadas e todos nós temos nossos segredos e medos. Embora eles se vêem preso numa cama de gato e rondados pelo perigo, eles vão enfrentar os problemas juntos. Adorei o amigo da Marina, o James. 

A narrativa fluída e envolvente está em primeira pessoa e os capítulos são narrados por Erik e Marina, que dá um toque mais pessoal ao livro. Todo início de capítulo apresenta um trecho de uma música brasileira que tem a ver com o assunto, o que achei fantástico. A diagramação está caprichada e as páginas são amareladas. A capa está linda e durante a leitura descobrimos o porquê do título. 

Separei vários quotes maravilhosos do livro e fazia tempo que não fazia isso. Recomendo para quem gosta de drama e romance. É uma leitura bem prazerosa e interessante.


17 comentários:

  1. Olá, Joyce.
    Eu não curto muito histórias com o enredo igual ou parecido com o de "Enquanto a chuva caía", talvez por nunca ter lido um livro desses de fato.
    Eu não leria este livro, aparentemente, mas não descarto a possibilidade de lê-lo em breve.

    Abraços!
    http://www.tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro, mas me interessei... quero ler, vou procurar o livro!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Meu Deus só essa capa já é maravilhosa, a resenha também ficou otima, me interessei bastante, vou marcar como desejado no skoob hahaha

    http://sublimecapital.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thayná,
      A capa está linda ^^
      Obrigada
      bjs

      Excluir
  4. Já li algumas críticas negativas a respeito desse livro, e até mesmo já tinha desistido da leitura, mas gostei da sua resenha, pode ser que tenha potencial mesmo

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova de "O Silêncio das Montanhas", vem conferir!

    ResponderExcluir
  5. Oi Joyce! Faz tempo que quero conferir algum livro desta escritora, sempre vejo milhares de elogios sobre sua obra e este livro será a oportunidade que eu queria. Pelo visto é uma trama bonita, e fiquei curiosa em saber a relação do título com a história.
    Bjos!!
    Cida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida,
      Eu adorei a narrativa dela.
      Leia que vai saber de tudo.
      bjs

      Excluir
  6. Oi Joyce, tudo bem?
    Eu adorei a sua resenha, estou louca para ler esse livro, a historia pelo visto é linda, estou amando ler nacionais, a capa do livro é linda também.
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila,
      Obrigada
      Os nacionais estão com tudo.
      bjs

      Excluir
  7. Seguindo :D

    http://moove-onn.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Parece ser interessante.Gostei da sua resenha,preciso mesmo ler uns livros brasileiros.Bjs ;)
    chocolatesemarshmallows.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Também acho muito legal esse investimento na literatura nacional! Espero que continuem publicando livros assim!
    O livro parece ser bem interessante! Realmente é bom ter um pouco de vida real nos livros - nem sempre tudo é do modo como gostaríamos, né? Mas isso não deve nos impedir de resolver os problemas e conseguir vencer os obstáculos!
    Adorei a resenha, fiquei curiosa para conhecer o James hahaha
    Beijos,
    Déia!
    Own mine

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o blog.
Deixe seu link para que eu possa retribuir.
Obrigada e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...