Novidade da Editora Darkside - Filme: Somos o que Somos

terça-feira, 29 de outubro de 2013

LONGA DE JIM MICKLE MARCA A ESTREIA DA EDITORA DARKSIDE® NA SÉTIMA ARTE

Reconhecida no mercado editorial pelo catálogo que reúne clássicos e novos livros do universo do terror e da fantasia, editados com rigor e esmero gráfico, a DarkSide® começa agora a apresentar com o mesmo cuidado obras da sétima arte. Pela primeira vez, uma editora vai muito além do livro. E para comemorar o seu primeiro ano de vida traz paras os fãs um dos melhores filmes do gênero lançados em 2013.

Em parceria com a Esfera Filmes, o lançamento de Somos o que Somos marca a estreia do braço cinematográfico da DarkSide® Entretenimento, previsto para 29 de novembro de 2013 no Rio de Janeiro e São Paulo, e nas principais capitais do país nas semanas seguintes.

Antes, em outubro, Somos o que Somos será exibido na 37a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, no dia 26.10, às 23h55, no Cine Livraria Cultura 1 (Conjunto Nacional, Av. Paulista, 2073, Bela Vista - São Paulo. Tel. 11.3285-3696).

“Se o diretor Jim Mickle tem uma assinatura característica, é a de abordar o terror e o hediondo com o ritmo melancólico dos melhores faroestes. Seu tom sugere uma empatia profunda pelos personagens perturbados.” The New York Times, Jeannette Catsoulis


SINOPSE

Somos o que Somos
[We Are What We Are, EUA, 2013]
Direção: Jim Mickle. Elenco: Ambyr Childers, Julia Garner, Bill Sage, Michael Parks, Kelly McGillis.
Duração: 100 min. Classificação: verifique a classificação indicativa.
Em sua pequena cidade, os Parker são conhecidos por sua discrição e reclusão. Dentro de casa, o pai Frank cria a família com extrema severidade. Depois da morte brutal e inesperada da mãe, as irmãs adolescentes Iris e Rose precisam cuidar do irmão mais novo, Rory. Logo, porém, elas vão carregar um peso ainda maior, conforme se deparam com novas responsabilidades. Sob o comando do pai, precisam levar adiante e a todo custo uma tradição ancestral.



PALAVRAS DO DIRETOR JIM MICKLE

Somos o que Somos apresenta uma história sofisticada e discreta, que leva o terror para outro patamar, assim como O Silêncio dos Inocentes fez no início dos anos 1990. Dirigido por Jim Mickle, do premiado thriller vampiresco Stake Land – Anoitecer Violento (2011) e de Mulberry Street – Infecção em Nova York (2006), o filme é inspirado em Somos lo que Hay, do mexicano Jorge Michel Grau.

“Você não pode refilmar um filme, apenas reinventá-lo. E quando eles nos disseram ‘Podem partir do zero’, então eu me interessei. Não queria simplesmente refilmar o trabalho de Jorge, muito bem-feito e conduzido, mas fazer uma espécie de complemento”, afirma Mickle, que desenvolveu o roteiro com Nick Damici, parceiro do direitor em outros projetos.


O original se passa na Cidade do México e é um filme bem urbano, com enfoque nas favelas da cidade. “É o pai que desaparece e então os filhos que devem substituí-lo como o homem da casa, o que imagino que tenha muito a ver com o papel masculino e a cultural patriarcal mexicana. O que é muito pessoal para Jorge, já que é o seu primeiro filme”, acrescenta Mickle.

Para a sua versão da história, Mickle focou nos personagens, ao invés da cidade, e naquilo que conduziria o comportamento deles. “Gostamos de personagens dramáticos que nos façam ser capazes de sentir por essas pessoas. Então nos perguntávamos o tempo inteiro ‘Bem, o que na verdade os conduziria para fazer isto?’ Mas não de uma maneira que seria tão extrema a ponto de afastá-los da ideia inicial”, continua o diretor.

A resposta estava na religião. “As pessoas frequentemente tem uma incrível fé cega que os impele a fazer coisas simplesmente porque elas já foram feitas antes, sem mesmo refletir de verdade sobre isso”, diz Mickle. “Era um caminho interessante a ser explorado: Como alguém poderia convencê-lo a fazer algo tão horrendo? Mas se você cresce com isso e é a única coisa que já conheceu, com as pessoas em que confia lhe dizendo que é assim mesmo, não seria isso muito mais insano que qualquer religião? Então foi divertido partir daquela ideia e expandi-la, mas tentando mantê-la tão realística quanto possível”, conclui o diretor.


Tags: Meu Marido Literário & 10 Books

sábado, 26 de outubro de 2013
Olá,

Recebi duas tags da Marla do Louca por Romances. Obrigada querida!!!



Tag Meu Marido Literário


Regras:
- Responder as perguntas:
- Indicar 5 ou mais blogs:
- Citar quem lhe indicou:


Perguntas:

- Que características fazem com que um personagem entre para a sua lista de “Maridos”?
Ser protetor, divertido, charmoso, inteligente, corajoso, bonito, fiel...

- O que menos te atrai em um personagem?
Ser arrogante, insensível, mal caráter, falso, mal educado...

- Quem é o seu atual marido literário?
Anthony de "O visconde que me amava" de Julia Quinn




Tag 10 Books



As regras são:

- Citar o nome de 10 livros que mais gostou.
- Escolher 10 blogs para responder o selo.
- Avisar os blogs escolhidos.
- Falar o blog que lhe escolheu.


Meus 10 livros preferidos que foram lidos recentemente:

Contato Visual - Cammie McGovern (resenha)
O Duque E Eu - Julia Quinn (resenha)
O Visconde Que Me Amava - Julia Quinn (resenha)
Sedução Ao Amanhecer - Lisa Kleypas (resenha)
O Guardião - Nicholas Sparks (resenha)
Identidade Roubada - Chevy Stevens (resenha)
Fique Comigo - Harlan Coben (resenha)
Extraordinário - J L Palacio (resenha)
Sete Dias Sem Fim - Jonathan Tropper (resenha)
O Menino Da Mala - Lene Kaaberbøl e Agnete Friis (resenha)


Blogs escolhidos:
http://euinsisto.com.br
http://amigadaleitora.blogspot.com.br/
http://addictiononbooks.blogspot.com.br/
http://chacombolacha.blogspot.com.br/
http://terradecarol.blogspot.com
http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/
http://dicalivros.blogspot.com.br/
http://clicandolivros.blogspot.com.br/
http://bellebueno.blogspot.com.br/
http://psicosedaleitura.blogspot.com.br/


Beijos

Resenha do livro: O Mago de Camelot - A saga de Merlin para coroar um dragão de Marcelo Hipólito

terça-feira, 22 de outubro de 2013




               Editora Novo Século / Novos talentos da literatura nacional
               Literatura nacional / Ficção
               Número de páginas: 152

Sinopse: De uma infância pobre e sofrida à irresistível ascensão aos salões dos grandes reis; de um começo sem esperanças ao despertar de um poder inigualável e temido, Merlin vem a se tornar o homem mais influente da Idade das Trevas. Confidente supremo do rei Artur e maior conselheiro da corte de Camelot. Misterioso e enigmático. Amado e odiado. Druida, monge e mago. Na Britânia do Século V da Era Cristã – abandonada pela queda do Império Romano à barbárie dos invasores saxões –, Merlin surge para impor um novo tipo de rei a um povo abatido e desesperado, alterando, para sempre, não apenas o destino dos britânicos, mas de toda a humanidade. A saga de um homem determinado a erigir uma civilização de paz e justiça numa terra devastada pelo caos e pela guerra irrompe em uma aventura épica e brutal que equilibra realismo duro com doses amargas de magia

Esse é o primeiro livro que leio sobre Merlin, Rei Arthur, Lancelot, Avalon ... e realmente adorei! O livro é repleto de magia, cenas de batalhas, lutas, guerra e se passa na Britânia no século V da Era Cristã (motivo suficiente para me encantar porque adoro livros históricos). Nesse cenário diferente que é comum os druidas terem uma grande influência na população por serem capazes de fazer magia, aparece Merlin, um druida, monge e mago que mudará não só o destino da Britânia como da humanidade.

O livro começa com Blaise, um druida que fará um sacrifício humano para Vortigern, o traidor do reino que é o novo rei e captura dois meninos que estavam na prisão. Quando Blaise termina um sacrifício e lê uma mensagem nas entranhas do garoto fica espantado e salva o outro garoto que é Merlin. Merlin torna-se aprendiz de Blaise, já que seu destino já estava traçado e ele se tornará um personagem importante na Idade das Trevas.

"E Merlin sorriu satisfeito, pois se principiava a profecia anunciada no sangue do sacerdote saxão. Agora, bastava aguardar a escuridão descer sobre o reino". pág 68

Depois que Vortigen morre, o herdeiro verdadeiro Uther Pendragon, assume o trono, mas ele é sanguinário e mal. Ele tem um filho com a mulher de seu melhor amigo, mas Merlin pega o garoto e o esconde por 7 anos e o treina durante 10 anos e ele se tornará o lendário Rei Arthur. Merlin é um personagem que me provocou diversas reações porque tem algumas atitudes que são meio duvidosas, mas que no final sempre estão ligadas com suas visões e o que será melhor para a Britânia, já que ela vive num período muito complicado com muitas guerras, mortes e violência. 

Durante a história vamos acompanhando as aventuras de diversos personagens e muitos são maus como a meia-irmã de Arthur, Morgana e Arthur sofre muito com as consequências de toda essa maldade. Também conhecemos Lancelot, um cavaleiro próximo de Arthur e Camelot, a nova capital do país criado por Arthur. Gostei particularmente das cenas de batalhas que são bem verídicas e dão um toque muito particular na leitura

A narrativa está em terceira pessoa e é muito fluída e interessante de se ler. As páginas são amareladas e a diagramação e a capa estão simples. Achei a história muito envolvente e não posso comparar esse livro com outros que tratam sobre este tema porque é o primeiro que leio, mas eu adorei conhecer mais sobre esse mundo fantástico e seus personagens que já habitam nosso imaginário. Só achei que o livro poderia ter mais páginas porque história é que não falta.

Recomendo para quem gosta de histórias sobre o Rei Arthur, Merlin e todos esses personagens interessantíssimos e também para quem gosta de livros com batalhas e magia.

Resenha do livro: O Visconde Que Me Amava de Julia Quinn

sexta-feira, 18 de outubro de 2013




               Título original: The viscount who loved me
               Editora Arqueiro
               Literatura estrangeira / Romance de época
               Número de páginas: 304


Sinopse: Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva. Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela. Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele. Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.


Terminei "O visconde que me amava", o segundo livro da série da família Bridgerton, suspirando exatamente como em "O duque e eu", o primeiro livro da série que pode ser lido sem uma determinada ordem (a resenha está aqui). A autora escreve maravilhosamente bem e nos mergulha em uma época em que o romantismo predominava, assim como os bailes, as carruagens, as vestimentas elegantes e os casamentos precoces porque ser solteira aos 21, já era sinônimo de ficar para titia. Confesso que todo esse cenário me encanta demais ou seja, a leitura foi muito mais do que prazerosa, foi uma necessidade para uma amante de romances históricos rs

Nesse livro acompanhamos a história do visconde Anthony, irmão mais velho dos Bridgertons que é conhecido por ser um devasso  e solteiro convicto, além de de ser lindo, charmoso, riquíssimo e elegante. Anthony está resolvido que quer se casar e decide que sua esposa será Edwina Sheffield, a moça mais bela da estação, porém Edwina só aceitará a corte do visconde se sua irmã Kate aprová-lo. Kate já tem sua opinião formada por sempre ler a respeito da libertinagem do visconde nas crônicas de Lady Whistledown e vai implicar muito com ele porque não acredita que ele será um bom marido e não fará sua irmã feliz.

Kate é uma mulher muito inteligente, forte, segura e apesar de não ser tão bonita como sua irmã, o que faz com que seja sempre deixada em segundo lugar pelos homens, não se rebaixa ou se intimida. Anthony no início não a acha bonita, mas surge uma atração entre ambos e de tanto conviverem, não param de pensar um no outro. A implicância acontece de ambos os lados, já que ele a acha uma irritante e intrometida e ela o acha um devasso e é muito gostoso acompanhar os diálogos entre eles.


"Anthony ignorou-a. Essa devia ser a melhor alternativa, pois era muito provável que não ignorá-la o fizesse desejá-la, o que era, como ele sabia muito bem, o caminho mais curto e direto para o desastre completo." pág 116

Mas nem tudo é perfeito na vida de Anthony porque depois da morte inesperada do pai aos 38 anos, ele acredita que não ultrapassará sua idade e sofre antecipadamente com isso. Ele não quer se apaixonar por sua esposa, já que sua intenção é criar uma família e não criar muitos laços porque tem a convicção que morrerá cedo. E isso, inicialmente, atrapalhará o relacionamento entre eles. Kate também terá que enfrentar um trauma do passado que está relacionado com seu medo de tempestades.

Apesar de toda as diferenças entre Anthony e Kate, um centelha de paixão começa a brotar entre eles e que dará início a um grande amor. Eu achei os protagonistas super humanos, reais e a história é envolvente, sensível, linda e uma delícia. Esse livro aborda menos os outros integrantes da família o que achei uma pena, mas mesmo assim Daphe, a protagonista do primeiro livro, tem uma pequena aparição e Lady Bridgerton continua a casamenteira como sempre. 

Todo o desenrolar da história é super divertido e me deixou extasiada, principalmente, com as cenas entre os dois dialogando, as cenas de amor que são muito bem escritas e com pitadas calientes e as cenas de conflitos internos que me deixaram agoniada. A narrativa está em terceira pessoa, a diagramação é simples, as páginas são amareladas e a capa está bem fofa e linda. A nota da autora no fim do livro é uma graça. Já estou ansiosa para ler o próximo livro da série: Um perfeito cavalheiro.

Esse livro é PERFEITO e a série é MARAVILHOSA!!! Recomendo para quem gosta de romances de época <3







Daughtry - Playlist

quarta-feira, 16 de outubro de 2013
Oi gente,

Confesso que adorei essa nova coluna do blog sobre playlist e depois que criei a do Nickelback (está aqui), vou continuar selecionando bandas que gosto e fazendo minhas playlists. Espero que curtam =)

Você conhecem a banda Daughtry
Eu a conheço faz pouco tempo, mas já gosto bastante :). Selecionei aqui as músicas que mais ouço :)

Divirtam-se!!!



Start of Something Good


It´s Not Over


Crawling Back To You


Over You


All These Lives


No Surprise


Home


Outta My Head


What About You


Sorry




Gostaram de quais músicas?
Beijos

Autora parceira: Maria Izabel Gomes Silva

segunda-feira, 14 de outubro de 2013
Olá,

Gostaria de apresentar a vocês a nova parceira do blog: Maria Izabel Gomes Silva, autora da série policial juvenil e adulto Rico e Joana. O primeiro volume Rico e Joana em O Pirulito Assassino já foi publicado. Vamos conhecê-la:




A Autora:

Maria Izabel Gomes Silva é natural da Paraíba, onde gradou-se em Farmácia e Análises Clínicas, pela Universidade Estadual da Paraíba. Em 2000, foi morar na cidade de Fortaleza-CE,  onde realizou  especialização em Microbiologia e Parasitologia, Mestrado em Ciências  Farmacêuticas e doutorado em Farmacologia  pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Atualmente, é docente da Faculdade Grande Fortaleza e pesquisadora pós-doutoranda da UFC, na cidade de Fortaleza, onde reside com seus esposo e filho. Possui vários  trabalhos científicos (incluindo artigos e capítulos de livros) publicados em periódicos nacionais e internacionais. No entanto, escreve também sobre variados temas de ficção, incluindo os volumes da série policial “Rico e Joana”. O primeiro volume da série policial foi publicado em 2012, pela Editora ISIS, e tem  agradado leitores de todas as idades.



A Obra


Sinopse: Um terrível assassino vestido de palhaço faz suas vítimas desferindo golpes com um enorme e duro pirulito de rapadura. O encantador detetive Rico Dantas e a destemida Joana Coquinho irão desvendar esse mistério.Com um enredo dinâmico, cheio de ação, aventura, suspense, romance e diálogos recheados de humor, o romance policial (primeiro volume da série) prende a atenção do leitor do início ao fim, de forma a agradar a todas as idades. Em um estilo próprio do narrador, as cenas inusitadas vão pouco a pouco desnudando a trama central ao longo de todo o romance. Quando então, nos capítulos finais, é revelada a verdadeira identidade do palhaço assassino e os motivos que o levaram a matar suas vítimas à pirulitadas, em um desfecho emocionante, que surpreenderá até o mais atento dos leitores.


Contatos:

Fanpage: https://www.facebook.com/ricoejoana?hc_location=timeline

Facebook autora: https://www.facebook.com/maria.izabel.9655

e-mails: maribelfortal@yahoo.com.br e ricoejoana@yahoo.com.br

Lançamentos Editora Arqueiro e Sextante / Outubro 2013

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Na fronteira do Reino das Ilhas existe uma vila tranquila chamada Crydee. É lá que vive Pug, um órfão franzino que sonha ser um guerreiro destemido a serviço do rei. Mas a vida dá voltas e Pug acaba se tornando aprendiz do misterioso mago Kulgan. Nesse dia, o destino de dois mundos se altera para sempre. Com sua coragem, Pug conquista um lugar na corte e no coração de uma princesa, mas subitamente a paz do reino é desfeita por misteriosos inimigos que devastam cidade após cidade. Ele, então, é arrastado para o conflito e, sem saber, inicia uma odisseia pelo desconhecido: terá de dominar os poderes inimagináveis de uma nova e estranha forma de magia… ou morrer. A Saga do Mago é uma aventura sem igual, uma viagem por reinos distantes e ilhas misteriosas, onde conhecemos culturas exóticas, aprendemos a amar e descobrimos o verdadeiro valor da amizade. E, no fim, tudo será decidido na derradeira batalha entre as forças da Ordem e do Caos.



Sessão de Terapia, o livro, traz o relato secreto de Theo Ceccato – seus pensamentos, suas fobias e os acontecimentos antes e depois de cada sessão. Um diário emocional de tudo o que aconteceu com ele enquanto Júlia, Breno, Nina, João e Ana estavam em terapia. Aos 56 anos, ele se encontra em uma dupla crise. Seu casamento de décadas parece um campo minado. Fora isso, o trabalho, que sempre foi tudo para ele e seu maior aliado para fugir dos problemas, se tornou um fardo insustentável. Numa narrativa que surpreende pela complexidade dos personagens e de seus dilemas, o livro conta o que não foi mostrado na série e ficou reservado para os leitores. A voz de Theo revela gradativamente o homem por trás do profissional e a humanidade gigantesca que existe em tentar ajudar o outro em seu caminho de autoconhecimento.
Clique para ver o booktrailer: 





Após quase ser morto em sua última missão, o ex-agente israelense Gabriel Allon não quer mais pensar no serviço de inteligência. Dedicando-se a seu trabalho como restaurador de arte, ele se refugia no Vaticano para dar nova vida a uma das maiores obras-primas de Caravaggio. Certa manhã, ele é chamado à Basílica de São Pedro pelo monsenhor Luigi Donati, o poderoso secretário pessoal do papa Paulo VII. Sob o magnífico domo de Michelangelo, jaz o corpo de uma linda mulher. A polícia suspeita de suicídio, mas Donati não acredita nessa hipótese e pede a Gabriel que investigue discretamente o caso. Ele só recomenda que Allon fique atento à regra número um do Vaticano: “Não faça perguntas demais.” Gabriel logo fica sabendo que a mulher descobriu segredos perigosos que ameaçam uma organização global envolvida com o comércio ilegal de antiguidades. Sem saber aonde sua caçada o levará, ele precisa impedir um atentado devastador que mergulharia o mundo em um conflito apocalíptico. Uma inebriante mescla de arte, intriga e história, Anjo caído conduz o leitor por câmaras obscuras do Vaticano, pistas de esqui glamourosas de St. Moritz e avenidas graciosas de Berlim e Viena, até alcançar o inesperado clímax nos subterrâneos do território mais sagrado e disputado do mundo.


Cada morador da pequena cidade de Willow Creek parece guardar um passado de perdas, alguma história que os fez buscar esse lugarejo esquecido pelo mundo e nele se estabelecer. Apesar de tudo, eles seguem adiante com determinação. Durante o rigoroso inverno, quando o trabalho nas fazendas diminui, os jogos de basquete são a força vital da cidade. Se o time perde, o desânimo se instala e o frio se torna insuportável. E já se vão cinco anos sem que a equipe de Willow Creek obtenha uma vitória sequer. Contudo, o destino ainda reserva algumas surpresas. Quando um excelente jogador vindo de Milwaukee e um norueguês de mais de 2 metros de altura chegam à cidade, o técnico Sam Pickett vê neles a possível salvação do time. Sam assume a difícil missão de ensinar basquete ao gigante e consegue reunir um grupo improvável de seis garotos. Com o novo desafio e a ajuda inesperada de Diana Murphy, a professora de biologia, Sam vai combater seus fantasmas e tentar reconstruir a própria vida.


Aos 26 anos Laura Vicent é requisitada para ser guia de um dos tenores mais famosos do mundo. Aos poucos, mais do que sua guia, ela se torna também a confidente das noites sombrias de angústia. Claudio Roman viaja pelo mundo emocionando plateias com sua voz. Fã de banquetes, bebedeiras e belas mulheres, ele parece ter tudo o que quer, porém seu comportamento esconde a amargura de nunca poder interpretar Alfredo, em La Traviata, por causa de um ataque criminoso que lhe custou a visão. Como ela nunca lhe pede nada em troca de seu apoio, Claudio promete lhe dar qualquer coisa. No momento certo, ela cobra a promessa: quer que o cantor se submeta a um transplante de córnea capaz de lhe restituir a visão de um dos olhos. Apaixonada e convencida de que Claudio não precisará mais dela quando voltar a enxergar, Laura vai embora sem se despedir e sem dar a ele a oportunidade de vê-la. Será que Claudio saberá lidar com essa decisão? Ou ele vai enfim perceber que sempre lhe faltou o alimento mais essencial à vida: o amor? 
 


Com um estilo sóbrio e intimista, Antonio Olavo Pereira retrata o dia a dia de uma pequena cidade no interior de São Paulo. O protagonista é o oficial-maior do cartório da cidade, um homem introspectivo que se vale de seu privilegiado posto de observação – aonde as notícias sobre nascimentos, mortes, casamentos e acordos comerciais chegam em primeira mão – para especular sobre as motivações ocultas das pessoas e refletir sobre a condição humana. Consciente da precariedade da existência, ele enxerga a vida com um pessimismo temperado com compaixão. O drama central da narrativa, no entanto, se desenrola na vida pessoal do oficial-maior, dentro da casa dos sogros – onde mora –, no convívio com a doce e frágil esposa, Sílvia, e nas dificuldades de relacionamento com a sogra irascível. A sufocante rotina familiar acaba sendo quebrada por uma notícia surpreendente que irá provocar mudanças inesperadas para todos: depois de dez anos de casamento, Sílvia descobre que está grávida do primeiro filho, Marcoré. Preciso e econômico na linguagem, Antonio Olavo Pereira demonstra um profundo conhecimento da natureza humana ao criar personagens extremamente verossímeis que parecem compor um documento da vida familiar brasileira.


Editora Sextante






Resenha do livro: Suíte Nº 3 de Yeda Lins

quarta-feira, 9 de outubro de 2013



           Editora Penalux
           Literatura nacional/romance   
        
Sinopse: Um rapaz trabalha como recreador de hotel e contrai um empréstimo para ajudar o tio doente. A dívida vira uma bola de neve e os agiotas começam a ameaça-lo de morte. Então ele se aproxima de uma moça solitária, rica e muito culta, com a intenção de conseguir o dinheiro. A moça aceita se envolver, dentro do limite estabelecido pelo seu lado racional. Mas o destino reservou outros planos para eles. 


Suíte nº 3 é um livro bem gostoso de ler porque a trama é bem trabalhada e como os capítulos são curtos, a leitura é mais dinâmica e rápida. O título foi muito bem pensado porque tem relação com quarto de hotel e com música e ambos tem haver com a história.

A história é sobre Sergio de 28 anos, um recreador que trabalha em um hotel, que se endividou até o pescoço com um agiota para pagar o tratamento de saúde do tio. Ele está no lançamento do livro de um amigo quando conhece Vera, uma mulher de 32 anos muito rica e que pode ser a solução dos seus problemas. Ele logo coloca seu plano em ação e eles passam a noite juntos (essa foi a parte que não me agradou muito, já que Vera era virgem até esse momento e do nada ela resolve ir para a cama com um estranho, mas enfim, foi o que aconteceu).

Depois dessa noite acontecem vários mal entendidos. Vera vai para Paris e Sergio para não perder a possibilidade de liquidar sua dívida vai atrás dela. Eles voltam e a partir daí, eles começam a se envolver, mas sempre tem um empecilho atrapalhando a união do casal, principalmente, a família dela. No decorrer da história fui surpreendida diversas vezes com as revelações e situações que ocorrem na trama e com as personagens.

"- Mudei de ideia. Vou com você. Ele para. Vira-se devagar, sorri e vem em sua direção. Chega mais perto. Segura sua mão, aproxima bem a boca do ouvido dela e sussurra:- Não tenha medo." pág 26

Gostei de Sergio, apesar de suas intenções nada honestas no começo do livro, já que ele é carismático, charmoso e determinado. Vera é uma personagem que sofre bastante, mas é muito sincera. Além deles, gostei de Marcos que é amigo de Sergio por ser bem leal. A irmã de Vera, Vitória, não é flor que se cheire e não me agradou.

A história de amor entre Vera e Sergio tem muitos percalços e é bem interessante acompanhar a história porque eles precisam passar por várias dificuldades para se darem conta da ligação forte que possuem. O livro tem pitadas eróticas em diversas cenas entre os protagonistas e não ficou pesado ou chato. O final me agradou bastante.

As reviravoltas prenderam muito a minha atenção e o ritmo do livro é bem rápido, que são pontos super positivos. A narrativa está em terceira pessoa, o que ajuda na fluidez da narrativa. As páginas são amareladas, a diagramação está caprichada porque dentro do livro tem várias ilustrações da torre Eiffel e a capa está bem bonita.

Recomendo para quem gosta de livros com cenas mais calientes, reviravoltas e romance.


Contatos para adquirir o livro:

Através do email: ylins@msn.com, o frete é grátis. O livro sai por R$ 35,00. 

Site: http://ylins4.wix.com/suitenumero3#! 

Facebook: https://www.facebook.com/#!/SuiteNo3

Editora: www.editorapenalux.com.br

Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/338050 



Capítulo um: http://pt.calameo.com/read/001812301575f7ff7bab1

Aniversário de 1 ano do blog

segunda-feira, 7 de outubro de 2013


Oi Genteeeeeeeeee,

Estou muito feliz porque hoje o Entre Páginas e Sonhos completa seu primeiro ano de vida \0/. Sério, isso é motivo de muita comemoração porque durante esse ano minha vida ficou muito mais divertida, li ótimos livros e conheci pessoas maravilhosas que nunca teria tido a oportunidade de conversar se não fosse pela nossa paixão em comum: os livros.

Quando comecei o blog (começo de blog é sempre difícil, mas nunca desisti e hoje estou aqui hehe), nunca pensei que ele faria tanta importância na minha vida. Postar, comentar na blogosfera, conversar com meus novos amigos, além de ler muitos livros,  já se tornou uma rotina agradável e prazerosa. Espero que o Entre Páginas e Sonhos complete ainda muitos anos. MUITO OBRIGADA!!!


Quero fazer alguns agradecimentos:


Primeiramente agradeço a minha irmã Jéssica por ter me ajudado na criação do nome do blog e por contribuir eventualmente com resenhas e postagens. Jéssica, estou esperando novas resenhas haha

Agradeço a todos os leitores que sempre lêem o que escrevo e por comentarem nas postagens. Adoro saber a opinião de vocês e sem essa interação eu não teria motivos para continuar com o blog.

Agradeço a todos os meus amigos blogueiros que conquistei através do blog. Entre eles: Fernanda, Markos, Belle, Thaís, Bruna... Desculpe se não mencionei alguém, mas cada um tem grande importância na minha vida!

Não posso deixar de agradecer a todos os autores parceiros do blog que são uns queridos e amáveis. Desejo todo o sucesso do mundo para vocês :)

Também agradeço as editoras parceiras do blog pela confiança no meu trabalho: Editora Arqueiro, Editora Gente, Darkside Books, Editora Belas-Letras, Editora Única, Editora Disal, Editora Bússola, Editora Sextante.



Como forma de agradecimentos irei sortear 75 marcadores de páginas para um ganhador. E não se esqueçam de participar das promoções ativas do blog: Promoção 1.400 seguidores com a trilogia As crônicas dos Kane e Sorteio de Aniversário. Participem!!!





Sorteio dos marcadores de páginas




a Rafflecopter giveaway

Meu 2º mês com o Roacutan

sábado, 5 de outubro de 2013


Como eu já tinha dito no post anterior, eu consegui o tratamento pelo SUS, então pego o medicamento na farmácia de alto custo aqui em SP/capital. Eu tive que levar os formulários assinados pela minha dermatologista, os exames de sangue e os xerox de documentos. Eles aprovaram o pedido e liberaram o remédio no mesmo dia. Meu bolso agradece haha

No segundo mês eu tomei 20mg num dia (1 cápsula) e 40mg no outro (2 cápsulas) assim por diante. A dose está aumentando gradativamente e nos próximos meses irei tomar 40mg por dia se tudo der certo (diga-se: meus exames porque meu triglicerídeos aumentou esse mês e preciso abaixá-lo :/)

Minha pele está muito boa e estou sem espinhas no momento. Espero que continue melhorando e que as marcas amenizem porque me incomodam bastante. Continuo com a super dieta balanceada, faço exercícios físicos e já emagreci 3 quilos nesses 2 meses de tratamento, espero não sumir haha. Gente, fazer essa dieta é muito difícil porque as tentações cercam a todo momento, mas tento nem olhar para aguentar. Precisa ter muita força de vontade!


Sintomas:

Ressecamento da pele e das mucosas (nariz, lábios e olhos); 
Irritabilidade; 
Alguns dias fico deprimida; 
Dor nas costas e de cabeça; 
Muito sono.


Meus cuidados:

Lavo com água;
Passo filtro solar;
Uso dexpantenol nos lábios;
Uso o gel nasal Maxidrate;
Uso o colírio Lacribell nos olhos.


Tem dias que desanimo porque estou tendo que me privar de muitooossss alimentos e os sintomas são fortes, mas é só me olhar no espelho e ver que está dando resultado que o ânimo volta novamente. Comecei hoje o terceiro mês \0/

Já quero deixar registrado meu muito obrigada a todas as pessoas que estão me aguentando nesse período e que ouvem minhas reclamações sobre o meu tratamento, principalmente, quando estou estressada haha. Saibam que vocês estão me fazendo um bem enorme ;)

Mês que vem volto com mais novidades :)

Beijos

Meme 11 Coisas Sobre Mim

quinta-feira, 3 de outubro de 2013
Olá, 

A Thaís do Amiga da Leitora me indicou esse meme super legal. Obrigada querida!



As regras do Meme são:

1. Escrever 11 coisas sobre mim;
2. Responder as 11 perguntas que a pessoa que lhe mandou o meme e criar onze novas perguntas para quem irá mandar;
3. Avisar aos blogs escolhidos;
4. Não retorne o meme para quem te enviou;
5. Postar as regras.




11 coisas sobre mim:




1- Tenho miopia e uso óculos desde os 7 anos.

2- Coleciono dinheiro antigo. Tenho cédulas e moedas de diversas épocas e de alguns países.

3- Adoro ter algum souvenir dos lugares que visito. Sempre trago algo para colocar na minha escrivaninha.

4- Não saio de casa sem meu relógio de pulso.

5-No meu dia-a-dia sou bem básica nos meus looks e adoro usar tênis, sandália baixa, chinelo, jeans e casaco de moletom, porém tem dias que acordo com vontade de usar esmalte escuro e batom vermelho rsrs. Adoro me arrumar para ocasiões especiais.

6- Tenho alergia nas orelhas, então só posso usar brincos de inox ou ouro.

7- Adoro ouvir música. Ouço o tempo inteiro, inclusive, limpando a casa, no ônibus e andando de esteira rs.

8- Nunca fui em um show. Quero ir em algum em breve. (Atualização: Fui ao show do Ed Sheeran em 2015 :D)

9- Gosto de ter peças e objetos no estilo vintage. Quero ter um camafeu.

10- Não gosto de esbanjar dinheiro. Eu sou pão-dura haha

11- Estou tomando o Roacutan para me livrar da acne. Quero ter minha pele de porcelana de volta.



Perguntas recebidas:

1) O que te levou a criar seu blog especificamente?
A vontade de compartilhar minha opinião sobre minhas leituras e poder falar sobre mim e meus gostos.

2) Como você se vê daqui a dez anos?
Em um bom emprego que me satisfaça financeiramente e pessoalmente e espero ter constituído família.

3) Qual seu gênero de leitura favorito?
Mistério.

4) Se pudesse passar um dia com um autor (a) quem seria?
Harlan Coben. Eu amo esse autor *.* (Atualização: Conheci o Harlan Coben na Bienal do Livro SP em 2014 <3)

5) Um lugar que gostaria de conhecer?
Itália, Egito, Peru, México, entre outros.

6) Um personagem que gostaria que fosse real e o porque?
Harry Potter porque ele teve que acreditar nele próprio e ter o apoio de seus amigos para enfrentar seus piores medos e ameaças. Eu adoraria ser amiga dele :).

7) Prefere ler ou escrever?
Depende do momento.

8) Um livro que você preferia nunca ter lido? 
Que eu me lembre não tenho nenhum nessa categoria.

9) Um ser fantástico que você gostaria que existisse?
Fadas.

10) Se pudesse dar a vida a alguém que morreu, quem seria?
Daria para a minha avó Dalva  

11) Qual a ultima frase que você leu hoje?
"De certa forma tentar esquecer já é lembrar."



Minhas Perguntas:

1) Você lê livros nacionais?
2) Você prefere livros únicos ou séries?
3) Qual seu gênero literário preferido?
4) O que você acha sobre ter o mesmo livro com várias capas diferentes?
5) Você lê livros obrigados?
6) Você já foi em algum evento literário?
7) O que você faria se encontrasse seu autor preferido?
8) Qual é o preço máximo que você gasta em um livro?
9) Já fez amizades na blogosfera?
10) Você comprou livros nesse mês?
11) O que te motiva a não desistir do blog?



Os blogs que eu indico são:

http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br
http://terradecarol.blogspot.com
http://livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br
http://www.universodosleitores.com
http://chacombolacha.blogspot.com.br
http://bellebueno.blogspot.com.br


Beijos!

Resenha do livro: Réquiem para um assassino de Paulo Levy

terça-feira, 1 de outubro de 2013




                Editora Bússola
                Literatura nacional/Policial
                Número de páginas: 224


Sinopse: Parecia uma manhã como outra qualquer na pequena Palmyra, uma cidade histórica no litoral do Rio de Janeiro. A caminho do trabalho, o delegado Joaquim Dornelas se espanta com um movimento incomum nas ruas. Diante da Igreja de Santa Teresa e da Antiga Cadeia, no Centro Histórico, uma multidão observa o corpo de um homem atolado na lama seca do canal. Ninguém sabe como o corpo foi parar lá. Não há sinais de arrasto, marcas de barco, violência, ferimentos, nada. Apenas um band-aid na dobra interna do braço esquerdo. Abandonado pela mulher e longe dos filhos, o delegado Dornelas, um tipo humano, amante de cachaça e de mingau de farinha láctea, se envolve de corpo e alma no caso em busca de salvação. Sem aviso, a irmã do morto e um vereador poderoso aparecem para dar informações importantes sobre o que se tornaria um caso de dimensões bem maiores do que Dornelas poderia imaginar. Aos poucos se revela uma complexa teia de interesses envolvendo a política, o tráfico de drogas, a prostituição e a comunidade local de pescadores. A intuição aguçada, a cultura e o conhecimento das forças que movem a natureza humana permitem ao delegado Joaquim Dornelas se mover habilmente pelo emaranhado de fatos e versões que a trama apresenta. O que a princípio seria mais uma investigação na sua carreira, se torna para o delegado uma jornada de transformação pessoal.


Tudo começa com um corpo achado na lama seca de um canal e devido a exposição da mídia sobre o caso, ele tem uma grande repercussão. O delegado Dornelas estava passando no local e para não deixar o corpo sujeito a variação da água, retira-o na frente de todos para preservar as evidências e é o encarregado de descobrir o assassino desde crime misterioso. O caso fica conhecido como "o crime do mangue".

O delegado Dornelas é um homem recém-separado que ainda sofre com a distância dos filhos e depois de 15 anos casado foi obrigado a escolher entre sua profissão e a família. Ele continua morando em Palmyra onde acontece o enredo do livro e seus filhos moram no Rio de Janeiro. Na delegacia, Dornelas tem a ajuda de Solano e de outros subordinados e se deparam com pessoas poderosas ao longo da investigação como o Nildo Borges, vereador e dono de uma empresa familiar Peixe Dourado e Wilson Borges, irmão de Nildo. Além de Maria das Graças, irmã do morto e Marina, assessora de Nildo.

O cadáver é encontrado apenas com um band-aid no braço e a partir dele que a causa de sua morte começa a ser revelada. Dornelas se depara com o esquema do tráfico de drogas da região e como alguns pescadores também estão envolvidos no negócio, além de conhecer mais sobre a vida da comunidade e da prostituição. 

"Naquela situação, o delegado Joaquim Dornelas olhou para aquela gente e viu um enxame de moscas sobre estrume fresco." pág 14

Todos os envolvidos possuem algum segredo por trás da aparência e Dornelas precisa descobrir quem é quem porque acontece outro assassinato que está ligado com o caso e que choca a comunidade. O cadáver que Maria das Graças reconhece como sendo de seu irmão não pode ser comprovado porque o sujeito não tinha nenhuma identidade, mas estava ligado o tráfico de drogas e era conhecido como o Zé do Pó.

Dornelas é um delegado muito íntegro, responsável, solitário e que é viciado em novelas e em mingau rs. Ele vai investigar esse caso que aparentemente seria mais um no seu currículo, mas que vai envolvê-lo na parte pessoal. A narrativa está em terceira pessoa o que contribui para a fluidez do enredo e para as descobertas da investigação. As páginas são amareladas, a diagramação é simples e a capa está bem simples também.

Eu gostei da história, mas acho que o envolvimento com o tráfico é sempre muito usado nesse gênero e não é muito original. No entanto, simpatizei com Dornelas que é muito humano, já que acompanhamos seu dia-a dia e seu método de investigação. O desenrolar do caso foi bem interessante, mas nada muito chocante. Apesar de amar esse gênero achei que faltou mais reviravoltas, mas é uma leitura válida para quem curte mistério e investigação criminal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...