Resenha do livro: Ela Prefere as Uvas Verdes de Jader Pires

segunda-feira, 4 de agosto de 2014




                    Editora Impíreo
                    Literatura nacional/Contos
                    Número de páginas: 160


Sinopse: Para conquistar os leitores, os autores de contos precisam dominar a ciência da estrutura e do estilo, de modo a não inserir em sua narrativa detalhes que não sejam essenciais. É com essa precisão que Jader Pires tem conquistado fãs pela internet e agora publica seus contos no livro Ela prefere as uvas verdes. As treze histórias presentes no livro estão repletas do cotidiano, por onde desfilam personagens das mais variadas origens: um vendedor de crack, um político, um casal de idosos e um mágico de circo. As angústias e alegrias experimentadas por todos esses personagens – e que também são nossas – são expressas em situações fortes e incisivas, mas por vezes bem-humoradas, que aproximam o leitor da trama, sem deixar de fora nenhum detalhe. Em Ela prefere as uvas verdes, entramos em contato com personagens em momentos surpreendentes de suas vidas. Momentos em que as perdas e os encontros trazem profundas transformações. 

Eu não tenho o costume de ler livros de contos e não sei o por que, pois a leitura é bem rápida e gratificante. Esse gênero é perfeito quando se quer ler algo curto, com conteúdo e não se quer passar dias e dias na mesma história. "Ela prefere as uvas verdes" cumpriu muito bem seu objetivo que é entreter rapidamente e com qualidade. Além disso, pude conhecer mais a escrita do autor que é famoso pelo seus textos no site PapodeHomem. 

O livro é composto por 13 contos dos mais variados assuntos como amor, morte, fidelidade, sofrimento, perdas, traumas, esperança, dúvidas, entre outros. As histórias são bem diversificadas e são cheias de sentimentos e dramas palpáveis porque podemos entrar na vida dos personagens de forma bem direta e até mesmo cruel. 

O mais interessante nos contos é que suas tramas são nuas e cruas como na vida real e cada um traz uma mensagem forte na conclusão. São eles:

1) Filho do carnaval que fala sobre a perda;

2)"O grande Henrique Pedroso está de volta!" que fala sobre ver o mundo com outros olhos;

3) Tô chegando, amor que fala sobre um casal de idosos;

4) Não dava para olhar que fala sobre ser invisível; 

5) A dor que menos importa que fala sobre os traumas; 

6) Ela era ela e eu era eu que fala sobre as diferenças;

7) Chafurdando na lama que fala sobre a traição; 

8) Saudades da rosquinha que fala sobre uma cadela; 

9) Fortuna que fala sobre a triste realidade das drogas; 

10) A única verdade que fala sobre o relacionamento entre um casal; 

11) Geraldo que fala sobre o incômodo;

12) Amores à distância que fala sobre a cruel realidade do amor; 

13) O último conto que fala sobre a persistência.

Os meus contos preferidos foram os números: 3, 4, 5, 7, 8, 9, 10, 12 e 13. Adorei a forma com o autor usou as palavras, conseguindo transmitir tantas emoções fortes para os leitores. A narrativa está em terceira pessoa e o autor trabalhou para que ela ficasse direta e sem enrolação porque as histórias são carregadas de dores e perdas de um jeito ou de outro. 

O título ficou sugestivo, assim como a capa. As páginas são amareladas e a diagramação está bem feita. Gostei muito do livro e com certeza lerei outros texto do autor.

16 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Já li e resenhei o livro no blog e achei uma leitura bem legal e diferente.
    Muito boa sua resenha, achei legal explicar sobre o tema dos contos, legal mesmo.
    Que bom que gostou da leitura,

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/08/resenha-inesperado-daiane-coll.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catharina,
      O livro é bem interessante mesmo.
      Obrigada!
      bjs

      Excluir
  2. Oie! Parece ser um livro bom, mas não gostei da capa!
    Bjs, tem promoção no blog http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/07/promocao-de-aniversario-do-paradise_31.html
    se puder comentar nesse post ajudará muito:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/08/fortaleza-negra.html
    Nay =D

    ResponderExcluir
  3. Que capa diferente - e bota sugestiva nisso, rs.
    O livro também parece diferente, faz séculos que não leio contos, acredita?
    Mas, fiquei com medo do "cruel" que tu colocou ali hahaha tenho pavor da ressaca literária :(
    Não conhecia o autor, vou verificar as outras obras dele!
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta,
      É bom fugir da zona de conforto porque assim podemos nos surpreender positivamente.
      Não precisa ficar com medo não hahaha
      Leia sim.
      bjs

      Excluir
  4. Eu também tinha uma certa dificuldade com contos , mas semestre passado fiz uma matéria na faculdade sobre contos e acabei me apaixonando. Adorei a resenha , e fiquei super curiosa pelo livro , vou procurar para lê-lo!

    Beijos , Anna

    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anna,
      Obrigada!
      Pretendo ler mais contos.
      bjs

      Excluir
  5. Oii flor!
    Contos não é meu gênero favorito sabe, mas preciso "quebrar" meus preconceitos, quem sabe eu começo com essa leitura?
    Eu gostei muito da tua resenha, parabéns!
    beijos!
    http://traduzindo-sonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Leia que sempre nos surpreendemos.
      Obrigada
      bjs

      Excluir
  6. Oii, eu ainda não conhecia este livro, mas a premissa me pareceu interessante. Gostei da capa, que mesmo simples é bela. Beijo,
    entreeleitores.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. oi Joyce,
    eu tenho lido muitos contos, ultimamente. Realmente são ótimos para passar o tempo, e quando precisamos de uma leitura rápida. Não conhecia esse livro, mas gostei da ideia. Bom saber que o autor escreve bem e as histórias são realistas.
    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna,
      Pretendo ler mais contos a partir de agora.
      Leia quando puder.
      bjs

      Excluir
  8. Olá Joyce,

    Não conhecia esse livro, também não costumo ler contos, mas quem sabe isso mude...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o blog.
Deixe seu link para que eu possa retribuir.
Obrigada e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...