Resenha do livro: O Teste de Joelle Charbonneau

terça-feira, 22 de julho de 2014




                 Título original: The testing
                 Editora Única
                 Literatura estrangeira/Distopia
                 Número de páginas: 320


Sinopse: No dia de formatura de Malencia ‘Cia’ Vale e dos jovens da Colônia Cinco Lagos, tudo o que ela consegue imaginar – e esperar – é ser escolhida para O Teste, um programa elaborado pela Comunidade das Nações Unificadas, que seleciona os melhores e mais brilhantes recém-formados para que se tornem líderes na demorada reconstrução do mundo pós-guerra. Ela sabe que é um caminho árduo, mas existe pouca informação a respeito dessa seleção. Então, ela é finalmente escolhida e seu pai, que também havia participado da seleção, se mostra preocupado. Desconfiada de seu futuro, ela corajosamente segue para longe dos amigos e da família, talvez para sempre. O perigo e o terror a aguardam. Será que uma jovem é capaz de enfrentar um governo que a escolheu para se defender?

"O Teste" é uma distopia eletrizante e muito envolvente que me fez virar as páginas avidamente até o seu término. Eu adoro distopias por fazerem uma crítica à sociedade e sempre terem histórias relacionadas ao governo, injustiças, sociedade futuristas e lutas pela defesa de um ideal. Durante a leitura eu senti uma pitada Jogos Vorazes (trilogia que eu amo), mas a história em si é bem diferente e cativante da mesma maneira.

A história é sobre Malencia Vale, a "Cia", uma jovem de 16 anos recém-formada que mora na distante e pequena Colônia Cinco Lagos. Ela está aguardando a decisão da Comunidade das Nações Unificadas que escolherá os participantes para 'O Teste". É através desse programa que são escolhidos os melhores e mais brilhantes jovens que serão treinados para serem os futuros líderes para a reconstrução do mundo pós-guerra. 

Para a surpresa de todos, ela e mais três jovens de sua colônia são convocados, entre eles Tomas, um amigo que vai ser muito importante nessa jornada. Eles não sabem nada sobre O Teste, porém o pai de Cia que já havia participado da seleção fica preocupado e a alerta sobre seus sonhos e pede para que ela não confie em ninguém. Cia parte para essa seleção e sabe que pode nunca mais ver sua família novamente, mas segue confiante para enfrentar um futuro cheio de desafios e perigos.


"- Cada candidato começará o teste independentemente do outro. Isso não significa que vocês permanecerão sozinhos. Vocês podem escolher se unir a outros candidatos. Também podem escolher impedir o progresso de seus colegas para garantir que obtenham uma nota de passagem antes deles. As escolhas que vocês fazem durante o teste serão consideradas nas suas avaliações finais." pág 133

Os jovem vão para Tosy City, sede do governo da Comunidade das Nações Unificadas, que possui mais dez colônias que estão devastadas pela guerra que aconteceu no país. Chegando lá, descobrem que cento e oito jovens participarão do Teste, mas somente vinte serão escolhidos. Porém, o que acontece com os outros jovens é incerto e Cia e Thomas precisam passar nas quatro rodadas e serem qualificados na avaliação final para se tornarem os novos universitários do programa. As fases são bem diversas e eles terão que lutar pelas suas vidas. Só digo que a última é a mais intensa, violenta, sangrenta e difícil de todas e é a parte mais eletrizante da leitura.

O Teste é um programa bem obscuro no qual poucas pessoas sabem do seu funcionamento, porém existem pessoas que são contra e que vão tentar ajudar Cia a concluí-lo. Cia e Tomas viram unha e carne durante O Teste, mas será que Cia deve mesmo confiar em Tomas ou em qualquer outro candidato? O que será que acontece com os candidatos que não passam no Teste? E o mais importante, do que você seria capaz de fazer para passar no Teste? 

Cia é uma protagonista corajosa, determinada, inteligente, astuta e com um coração de ouro. Ela luta com todas as suas forças para continuar viva e vencer as dificuldades. Thomas é um garoto protetor, amigo, preocupado com Cia e entre eles vai nascendo um sentimento de amor e proteção. Adorei acompanhar essa história pela versão de Cia e o final me fez ficar super ansiosa para ler o próximo livro: Estudo Independente.

A narrativa está em primeira pessoa por Cia e é muito fluída e intensa. A leitura é muito prazerosa e rápida. As páginas são amareladas e a diagramação é simples. A capa está linda demais com detalhes em relevo e brilhante. Favoritei o livro <3. Recomendo para quem gosta de uma história marcante com uma narrativa ágil e viciante. Amei!!!!



19 comentários:

  1. Oi Joyce :)

    Eu assisti uma crítica desse livro no Cabine Literária e depois disso desanimei. Mesmo com a sua resenha, fico com medo do livro ser mais do mesmo... Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriel,
      Se você gosta de distopias, eu recomendo.
      bjs

      Excluir
  2. Oi Joyce! Eu achei este livro muito bom, a dinâmica, o universo e a tensão constante, a Cia me tirou do sério algumas vezes por confiar demais nos outros, mas nem por isso a história me agradou menos.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Oiee Joyce.
    Eu não sou fã desse gênero, e quase nunca leio livros desse tipo, os que li não gostei por isso hoje em dia evito-os.
    Mas pra quem gosta me parece ser uma boa pedida, vou deixar pra eles mesmo.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Iêda,
      Pra quem gosta, é um prato cheio.
      bjs

      Excluir
  4. Oi Joyce,
    Estou lendo ele e adorando!
    E é tudo rápido a autora não fica prolongando acontecimentos, como no início achei que o pai ia enrolar mais pra contar o trauma dele e pans e depois o acontecimento com a amiga.
    To super curtindo e ler sua resenha só me empolgou para terminar!

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nana,
      O livro é ótimo!!
      Já terminou de ler?
      bjs

      Excluir
  5. Preciso ler urgente esse livro!
    Distopias estão sendo meu guilty pleasure

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Joyce!
    Sou fã de distopia, todo mundo sabe, estou curiosíssima para ler "O teste" desde que li a sinopse pela primeira vez, também adoro às críticas que esse gênero de livro traz.
    Beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Joyce,
    Nossa eu to louca c esse livro já!
    Amoo distopias!
    Depois da sua resenha aumentou mais ainda a vontade de ler ...
    Adorei o blog!
    Muito bem escrito!

    www.leituravipblog.com
    Aline Praça

    ResponderExcluir
  8. Nossa amei o livro, quero ler, tem tudo a ver com o que eu gosto de ler!!!
    Beijos
    Paty
    www.entendademoda.com.br

    ResponderExcluir
  9. Amei sua resenha, o livro parece ótimo, quero muito ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Isso que é uma resenha para nos deixar pra lá de curiosos, eu adorei a resenha, estou super curiosa para ler esse livro, confesso que não li nenhuma ditopia até o momento, mas não vejo a hora de mergulhar nesse gênero, creio que essa semelhança com Jogos vorazes é bem notavel, você não é a primeira pessoa que vejo falando isso, também não li Jogos vorazes, mas espero ler em breve e gostar.
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o blog.
Deixe seu link para que eu possa retribuir.
Obrigada e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...