Resenha do livro: O Menino da Mala de Lene Kaaberbøl e Agnete Friis

quarta-feira, 11 de setembro de 2013



                 Título original: Drengen I kufferten
                 Editora Arqueiro 
                 Literatura estrangeira/Policial
                 Número de páginas: 256

Sinopse: “Você adora salvar as pessoas, não é? Bem, aqui está a sua chance.” Mesmo sem entender o que sua amiga Karin quer dizer com isso, Nina atende seu pedido e vai até a estação ferroviária de Copenhague buscar uma mala no guarda-volumes. Dentro, encontra um menino de 3 anos nu e dopado, mas vivo.
Chocada, Nina mal tem tempo de pensar no que fazer, pois um brutamontes furioso aparece atrás do garoto. Será que ela está diante de um caso de tráfico de crianças? Sem saber se deve confiar na polícia, ela foge com o menino e vai à procura de Karin, a única que pode esclarecer aquele absurdo.
Quando descobre que a amiga foi brutalmente assassinada, Nina se dá conta de que sua vida está ameaçada e que o garoto também precisa ser salvo. Mas, para isso, é necessário descobrir quem ele é, de onde veio e por que está sendo caçado.
Neste primeiro livro da série da enfermeira Nina Borg, vendido para 27 países, as autoras Lene Kaaberbøl e Agnete Friis apresentam uma heroína que luta contra seus demônios e busca fazer justiça em meio à crueldade e à indiferença do mundo.


O que logo me chamou atenção no livro foi a capa porque ela está perfeita, lindíssima na minha opinião. Também o que me motivou a lê-lo foi por ser policial e pelo menos eu não me decepcionei com a leitura.

Na história temos como protagonista Nina Borg, uma enfermeira que luta contra seus demônios internos, mas que não é indiferente as injustiças do mundo. Ela procura fazer o melhor que pode para o próximo, mesmo que isso a afaste de sua família. O cenário do livro é Copenhague, mas viajamos também por outros países dessa região do mundo, o que foi muito interessante.

Um dia, Nina recebe uma ligação de sua colega que não mantinha contato há um bom tempo, Karin. Depois da ligação elas se encontram e Karin muito assustada lhe entrega um número do guarda-volumes da estação ferroviária e pede que Nina busque a mala. Para seu espanto dentro da mala tem um menino de 3 anos dopado e nu. Nina, volta ao guarda-volumes e se depara com o brutamontes Jucas que estava procurando-o e é a partir daí que começa uma corrida contra o tempo para se livrar de Jucas e para descobrir quem é o menino e o por quê dele estar na mala

"Virando-se para trás, Nina fitou o menino com o primeiro sorriso que conseguira abrir de verdade nas seis horas desde que o havia encontrado no interior de uma mala. - Fica tranquilo, meu anjo - disse ela, e sentiu as mãos relaxarem. - Logo logo vamos descobrir o que aconteceu e você vai voltar para casa. Seja lá onde for." pág 68

Depois da morte de Karin, Nina pega o menino e passa por poucas e boas para tentar encontrar a verdade. O menino não fala sua língua, o que atrapalha no começo a descoberta de alguma pista. Também conhecemos Sigita, a mãe do menino e acompanhamos sua história de vida e sua busca desesperada pelo seu filho desaparecido. Temos outros personagens na história como Jan (o mandante), Morten (marido de Nina) e Barbara (namoradora de Jucas).

O diferencial do livro é que logo no começo já sabemos quem cometeu essa atrocidade, mas ao longo da história acompanhamos todos motivos e fiquei bem surpresa com a trama. Essa maneira não convencional de narrar um livro policial onde o vilão já é revelado e vamos descobrindo seus motivos ao longo do livro me agradou muito, acho que nunca tinha lido nada assim.

As cenas são bem tensas, o final tem muita ação e fiquei impressionada com a conclusão do caso. A história aborda temas como tráfico humano, prostituição e imigração. Os capítulos são bem curtos o que deixa a leitura bem rápida, a narrativa está na terceira pessoa e flui muito bem e a capa está maravilhosa. Acabei o livro impressionada com toda a história e a achei um pouco chocante.

Eu adorei o livro e estou ansiosa para acompanhar outras aventuras de Nina, já que no final temos uma dica do que pode ser o próximo caso.

24 comentários:

  1. Oi Joyce :)

    Nossa eu estou louco nesse livro tenho que ler urgentemente, parabéns pela resenha !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Confesso que estava com um pé atrás desse livro(não sei pq, adoro policiais) mais dps de ler sua resenha comprarei já
    http://leituraecriticas.blogspot.com.br
    Abcs

    ResponderExcluir
  3. Joyce, concordo que o livro chama atenção pela capa! Também me atraí por ele só de vê-la... Pelo que parece também compensa pela história, o que sem dúvida é infinitamente melhor, rs! Estou louca pra ler esse livro...

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Isabela,
      Essa capa é linda mesmo.
      Leia sim!
      bjs

      Excluir
  4. Parece ser um livro forte e bem intrigante
    Gostei da dica

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Hey
    Primeira resenha positiva que leio sobre esse livro!
    HAHAHA é sério, vi bastante gente decepcionada, principalmente com o final
    Mas darei uma chance sim, adoro suspense.

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nana,
      Pois é, eu gostei rs
      Dê uma chance sim!
      bjs

      Excluir
  6. Interessante leitura. mas vai ter que aguardar.
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  7. Oi Joyce,

    Ainda tenho dúvidas se leio ou não esse livro. As resenhas são sempre divididas. Alguns amam, outros falam mal. Enfim, que bom que você gostou. Estou quase decidido a dar uma chance a ele.

    Abraços,

    http://milvidasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nossa o livro parece ser realmente ótimo. Adorei a resenha.
    cronicasdeumlunatico.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Muito boa a resenha!
    omg, e a listinha de livros a comprar não para de crescer!!!

    xoxo

    Belle

    ResponderExcluir
  10. Eu fiquei com vontade de ler esse livro por causa do marketing que a editora fez no lançamento. Depois fui lendo resenhas positivas, como a sua, e a vontade só foi aumentando. Livros com capítulos mais curtos me atraem, por causa da fluência da leitura, é mais rápida mesmo.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise,
      Capítulos curtos são ótimos porque não cansam, né.
      bjs

      Excluir

Seu comentário é muito importante para o blog.
Deixe seu link para que eu possa retribuir.
Obrigada e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...