Resenha do livro: Titanic - A verdadeira e trágica história e os atos de heroísmo de seus passageiros de Rupert Matthews

sexta-feira, 8 de abril de 2016





                Título original: Titanic
                Editora M. books
                Literatura estrangeira/Não ficção/histórico
                Número de páginas: 208


Sinopse: O livro que reúne relatos de testemunhas e provas examinadas nos inquéritos, além das mais recentes descobertas sobre o naufrágio do Titanic, proporciona uma visão completa dos acontecimentos da noite fatídica de 1912. O naufrágio do Titanic em sua viagem inaugural em 1912 foi uma das piores tragédias da história naval. O maior navio de passageiros do mundo, com equipamentos de segurança mais modernos do que seus rivais, era considerado insubmergível. Mais de 1.500 pessoas morreram no naufrágio do Titanic, muitas afogadas, mas a maioria de hipotermia numa das noites mais belas e frias do mês de abril, como ninguém se lembrava ter visto no Atlântico Norte. Como e por que o Titanic afundou naquela bela noite de abril é o tema deste livro fascinante. O autor Rupert Matthews examina os fatos por trás das histórias de heroísmo e covardia relatadas pelos sobreviventes, e pesquisa as inúmeras teorias a respeito da perda trágica do grande navio.

Titanic me fascina profundamente desde criança, por isso já assisti diversos filmes e documentários, li muitos livros de ficção e baseados em fatos reais, além de revistas. Eu tenho um enorme interesse em conhecer a história real do navio e dos passageiros que sobreviveram ou não, infelizmente. 

"Titanic - a verdadeira e trágica história e os atos de heroísmo de seus passageiros" nos mostra a história dos homens por trás da construção do navio, a empresa White Star Line, os preparativos da grande viagem inaugural, a tragédia, seus heróis e o pós acidente. O naufrágio do maior transatlântico da época causou choque e comoção gigantesca no mundo todo, fazendo com que depois de mais de 100 anos, ainda temos curiosidade sobre sua história.

O livro é dividido em 12 capítulos e são eles:

- Os transatlânticos do Atlântico Norte: fala sobre os navios que faziam a rota antes do Titanic; a sociedade da White Star Line com a  Harland and Wolff; como era o funcionamento dos navios; a competição que existia pelas companhias; e a importância dos transatlânticos no transporte de passageiros.

- O luxo foi prioridade: fala sobre a construção do Titanic e dos navios Olympic e Gigantic da White Star Line que faziam a rota Southampton a Nova York (o trajeto mais prestigioso e lucrativo do mundo); e como era o interior do navio e seus espaços luxuosos e simples. 

Temos uma visão completa da grandiosidade do Titanic. O luxo na primeira classe era impressionante e quais foram as medidas de segurança adotadas. Por incrível que pareça, o Titanic tinha mais botes salva-vidas a bordo do que o número exigido pelos regulamentos.

"Regularidade, conforto e segurança eram as promessas da White Star Line para seus clientes."

- A viagem inaugural: fala sobre a apresentação do Titanic ao público (31/05/1911); o capitão Smith e seus oficiais; a preparação para a vagem; a saída ao mar (10/04/1912); e a rotina a bordo. Dos 1.343 passageiros a bordo, 337 eram da primeira classe, 285 eram da segunda classe e 721 eram da terceira classe. Os passageiros eram praticamente da Grã-Bretanha, Canadá e EUA. 

- Sinais de perigo: fala sobre o problema dos icebergs na rota; os avisos de outros navios; e o desastre eminente.

- Em primeiro lugar, mulheres e crianças: fala sobre as primeiras medidas após a colisão (14/04/1912); a avaliação dos danos; os sinais de angústias; e a prioridade nos botes salva-vidas pelas mulheres e crianças.

- O primeiro SOS: fala sobre as mensagens trocadas com outros navios; a dificuldade no contato; a descida dos botes; a sintonia e coragem da tripulação; e o estranho "navio visto" que alguns tripulantes e passageiros viram, mas que sumiu misteriosamente.

- A orquestra não para de tocar: fala sobre a correria e o desespero dos passageiros; a descida dos botes finais; a bravura e coragem de alguns passageiros e tripulantes; a  fuga de Joseph Ismay (presidente da White Star Line); e a inundação do Titanic.

- O mergulho final: fala sobre os pedidos de ajuda que continuavam; quando as luzes do Titanic apagaram e começou a afundar às 2h17; o navios se parte em dois; as pessoas se jogam no mar na tentativa de sobreviver; poucos botes salva-vidas retornam ao local da tragédia para resgatar os sobreviventes; e mostra o desespero final de quem estava no mar.

- O resgate: fala sobre o navio Carpathia que vai ao encontro do Titanic às 3h45; os sobreviventes são recolhidos; muitos navios não ajudaram porque não tinham rádio de comunicação; outros navios vão ao socorro, mas chegam tarde; o último bote chega às 8h30; e o egoísmo de alguns passageiros que estavam nos botes e que não quiseram resgatar sobreviventes como o Sir Cosmo Duff Gordan e Joseph Ismay.

Das 2.223 pessoas a bordo do Titanic, quando bateu em um icerberg, apenas 706 se salvaram. Os sobreviventes foram 60% da primeira classe, 42% da segunda classe e 24% da terceira classe. E apenas 23% da tripulação sobreviveu. Sobre o gênero: 20% dos homens morreram e 75% das mulheres e crianças morreram.

O Capitão Smith, o imediato Wilde, o primeiro oficial Murdech e os sexto oficial Moody morreram.

- Os inquéritos: fala sobre as investigações do naufrágio nos EUA e Grã-Bretanha; as mudanças que ocorreram nas normas de segurança na navegação mundial depois da tragédia; o navio misterioso existiu?; a captação de recursos para as famílias em luto; e o inquérito Britânico.

- O retorno ao Titanic: fala sobre o fascínio dos mistérios sem repostas daquela noite e suas características românticas que causam interesse como o luxo, a viagem inaugural, noite estrelada, heroísmo dos mortos, a tragédia das famílias e o drama das ondas engolindo o navio.

Os destroços foram encontrados em setembro de 1985 e com ele foram feitas novas descobertas (o navio se partira em dois e a posição do navio não era o que supunham). Foram resgatados 6.000 objetos e os destroços foram exaustivamente fotografado. Devido essas excursões, é provável que o navio desapareça em 2.100, devido aos danos causados.

- O navio que continua a afundar: Fala sobre os inúmeros filmes feitos retratando a tragédia, sendo o de 1997 de James Cameron o mais famoso. Apesar dele conter alguns erros inverídicos como os passageiros da terceira classe trancados, os foguetes lançados não eram luminosos, omite-se o  navio misterioso e o Californiam, não explica o procedimento da retirada do passageiros e como os tripulantes foram essenciais para organizar os botes salva-vidas.

Os cadáveres do Titanic foram enviados a Halifax no Canadá e os que não foram reconhecidos e enterrados em seus países, jazem lá. A maioria dos cadáveres foram reconhecidos pelos pertences nos bolsos. O náufrago do Titanic contribuiu muito para destruir a fé na sociedade ocidental na tecnologia. O suposto navio insubmergível afundara e com ele levou mais de 1.500 vidas.

Terminei o livro sensibilizada e comovida porque essa tragédia é triste e chocante demais. O livro é muito bem explicado e nele pude conhecer com mais profundidade, a história real do Titanic. As imagens, ilustrações e fotos são abundantes, já que são fundamentais para entendermos o navio e o contexto em que ele se encontrava. O Titanic continua habitando meu imaginário, assim como da grande maioria das pessoas e espero que ele nunca seja esquecido.

Há notícias de que terá uma nova viagem feita numa réplica do navio em 2018. Torço para que seja um sucesso, pois para mim seria um sonho estar lá e me sentir em 1912 em seus aposentos de luxo e sofisticação para a época. As páginas são brancas, a diagramação é caprichada com imagens e trechos em destaque. A narrativa é ágil e em terceira pessoa. A capa está linda e chama muito a atenção.

Livro histórico maravilhoso. Favoritado! <3

RIP TITANIC


Link interessante:  Lista de filmes sobre o Titanic












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o blog.
Deixe seu link para que eu possa retribuir.
Obrigada e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...