Resenha do livro: Querida Sue de Jessica Brockmole

segunda-feira, 26 de maio de 2014




              Título original: Letters from Skye
              Editora Arqueiro
              Literatura estrangeira/Romance
              Número de páginas: 256


Sinopse: Março, 1912: A jovem poeta Elspeth Dunn nunca viu o mundo além de sua casa, localizada na remota ilha de Skye, noroeste da Escócia. Por isso, não é de espantar a sua surpresa quando recebe uma carta de um estudante universitário chamado David Graham, que mora na distante América. O contato do fã dá início a um intercâmbio de cartas onde os dois revelam seus medos, segredos, esperanças e confidências, desencadeando uma amizade que rapidamente se transforma em amor. Porém, a Primeira Guerra Mundial força David a lutar pelo seu país, e Elspeth não pode fazer nada além de torcer pela sobrevivência de seu grande amor. Junho, 1940, começo da Segunda Guerra Mundial: Margaret, filha de Elspeth, está apaixonada por um piloto da Força Aérea Britânica. Sua mãe a alerta sobre os perigos de um amor em tempos de guerra, um conselho que Margaret não quer ouvir. No entanto, uma bomba atinge a casa de Elspeth e acerta em cheio a parede secreta onde estavam as cartas de amor de David. Com sua mãe desaparecida, Margaret tem como única pista do paradeiro de Elspeth uma carta que não foi destruída pelas bombas. Agora, a busca por sua mãe fará com que Margaret conheça segredos de família escondidos há décadas. Querida Sue é uma história envolvente contada em cartas. 

"Querida Sue" é um livro encantador e com uma história cativante porque a trama é contada através de cartas. Amo receber cartas escritas a mão e não tem nada mais romântico do que isso, né. Antigamente, as cartas eram o único meio de comunicação, então a ansiedade por ter que esperar vários dias para se ter uma resposta era enorme. Imagino como era porque hoje em dia temos em tempo real, graças a internet, e não temos paciência de esperar algumas horas pela resposta, quanto mais dias e dias. Com esse clima de romance, embarcarmos numa história emocionante e singela.

A história é contada por cartas em duas épocas de guerra: 1912 e 1940. Os capítulos são as cartas de Elspeth Dunn e David Graham a partir de 1912 e de Margareth, filha de Elspeth, e Paul em 1940. A narrativa não é confusa e o incrível é que conhecemos a fundo os personagens por mostrarem o que sentem pelas suas cartas. Tendo as duas guerras como pano de fundo, a trama ficou muito sensível e forte ao mesmo tempo.

Elspeth é uma poetisa de 24 anos, moradora da Ilha de Skye, na Escócia. Ela tem uma vida simples e longe das badalações por ter medo de andar de barco. Um dia, ela recebe sua primeira carta de um fã e fica muito animada. David é um jovem universitário americano e eles passam a trocar correspondências contando seus segredos, sonhos e hobbies por vários anos até que o sentimento de amizade se transforma em amor. David passa a chamar Elspeth de Sue nas cartas.

"Não sei quais serão as opções ao nosso alcance no futuro. Mas precisamos nos preocupar com isso agora? O mundo já tem preocupações suficientes, sem acrescentarmos mais um fio ao emaranhado. Concentre-se apenas em ficar fora do caminho das granadas e das balas, e eu me concentrarei em escrever para você e amá-lo mais a cada dia. Sua, Sue." pág 115

Pelas cartas, vamos acompanhando o desenvolvimento da amizade e do amor entre eles e é muito belo e apaixonante, já que é quase um amor impossível por causa da distância e dos perigos da guerra. Quando eles descobrem esse sentimento tão puro, existe dois problemas: Elspeth é casada com Iain e se inicia a primeira guerra mundial. Iain se alista como combatente na guerra e parte para longe de Skye e David se alista como voluntário para dirigir ambulâncias para o exercito francês nos combates. Elspeth fica abalada, mas ainda esperançosa pela volta de David são e salvo, mas em tempos de guerras tudo pode acontecer.

Em 1940, Elspeth vive em Edimburgo com sua filha Margareth que está apaixonada por Paul, um piloto da Força Aérea Real. Elspeth nunca contou seu passado à filha e a alerta sobre os perigos do amor em época de guerra, mas num bombardeio, a parede de sua casa é derrubada e a jovem descobre centenas de cartas amareladas de David para Sue. No dia seguinte, Elspeth sai de casa com as cartas, deixando só uma datada de 1915 que Margareth conseguiu pegá-la. Através dessa carta, Margareth parte em busca de sua mãe e vai descobrir o passado de sua família.

É impressionante como as cartas dão um toque mágico no livro. O amor entre Elspeth e David é tão lindo e difícil, porém mesmo depois de tantos anos, ela nunca o esqueceu. Com a investigação de Margareth, descobrimos o que aconteceu entre eles e como as guerras foram momentos de dor e dificuldades para as pessoas, principalmente, para os grandes amores.

O final é lindo demais e fechou o livro com chave de ouro. Fiquei apaixonada pela história e pela narrativa em cartas em primeira pessoa. Quero ler mais livros com essa narrativa. A capa ficou singela e bonita, eu gostei muito. As páginas são amareladas e a diagramação está simples, mas fofa. Não sei se consegui expressar meu encantamento com o livro, mas ele é perfeito *.*

Livro mais que recomendado para os amantes de um bom romance e para quem gosta de histórias com guerras de pano de fundo. Lindo, lindo, lindo, amei!!!


29 comentários:

  1. Oi :)

    Esse livro não me interessou no começo, mas depois de ler tantas resenhas incríveis e positivas como a sua, já estou pensando na possibilidade de inclui-lo a lista de desejados. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Esse livro tem resenhas ótimas sobre ele
    um livro que é um amor sobre cartas deve ser muito bom
    Esrou curiosa pra ler

    ResponderExcluir
  3. Oi Joyce,
    Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro e a sua só me fez ficar ainda mais curiosa. Espero que o meu chegue logo, para que eu possa conhecer essa bela história.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. A história não me chamou tanta atenção, mas gostei só pelo fato das cartas, adoro tramas com esse elemento *o*
    Mas no momento não penso em lê-lo, quero sair um pouco dos romances!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa,
      As cartas dão um toque especial no livro.
      bjs

      Excluir
  5. Olá :3
    esse é o tipo de livro que eu não compraria pela capa ou sinopse, mas gostei de alguns pontos, apesar de claro, não ser muito fã de romances rs

    Beijos,
    Larissa

    - Vitamina De Pimenta -

    ResponderExcluir
  6. Oi Joyce.

    Ainda não li este livro, mas estou bem curiosa e espero gostar quando ler.
    Gostei de sua resenha e vou dar um jeito de ler logo.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Pra mim foi uma das melhores leituras do ano!! Super recomendo tbm!!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Esse livro deve ser muito lindo, eu super quero ler ele, confesso que no começo eu não estava empolgada, mas depois mudei de ideia, adorei o fato de ser em cartas, isso dá um charme a mais na historia na minha opinião, espero poder ler ele logo, adorei a resenha.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila,
      Ele é perfeito! As cartas dão um toque romântico ao livro.
      Leia sim!
      Obrigada
      bjs

      Excluir
  9. Oi, adorei a sia resenha.

    Li o livro no inicio do mês e gostei bastante, mas o triangulo amoroso não foi um pouco muito positivo na historia. Ainda bem que tudo acaba sem clichês sem sal. Graças a Jessica.

    http://www.noticiadassagas.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Joyce!
    Muita gente está elogiando esse livro e só me deixa mais curiosa, assim que der quero ler ele e ver se vai me agradar também. Histórias com guerras como pano de fundo são sempre muito emocionantes, acho a capa muito bonita. Linda Resenha!

    Beijos,

    Rafa {Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
  11. ola ola
    eu tinha achado a capa, embora simples, muito atraente! ai estava com vontade de ler uma resenha sobre ela para saber se eu ia gostar ou nao. E depois desta, acho q sim, eu iria adorar, porem nao estou em clima para livros do genero... acho q eu morreria de chorar kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jack,
      É um romance muito lindo, vale a pena!
      bjs

      Excluir
  12. Já li algumas resenhas sobre o livro mas ele não me chamou atenção. Acho que o negócio de ser escrito por cartas fica meio cansativo, já li alguns desse estilo e em todos tive essa opinião. Pode ser um pouco de preconceito, enfim. Talvez eu dê uma chance, pois adoro romances.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria,
      Não fica cansativo não, pelo menos para mim.
      O romance é belíssimo.
      bjs

      Excluir
  13. Não gostei muito da capa, mas a história parece ser muito bonita e interessante. Uma leitura bem leve e prática.

    ResponderExcluir
  14. oi Joyce
    eu tenho esse livro, mas a sua é a primeira resenha que leio, e aumentou e muito minha curiosidade. Parece ser um livro lindo mesmo e emocionante. Adoro histórias que se passam durante as guerras mundiais, então imagina esse, que pega as duas guerras. Quero saber mais sobre o romance de David e Sue, aiaiai

    ResponderExcluir
  15. Meudeus só apaixonada por esse livro! Há tempos que namoro (a distancia ;b )

    Tem todo um trama com fundo histórico, um romance surpreendente e o melhor: é escrito em formato de cartas! E já cheguei a ler alguns trechos e a autora consegue prender a atenção do leitor, não soa falso ou chato ~bzz~ há todo um equilibrio na relação presente/passado.

    *u* nham quero ler

    ResponderExcluir
  16. Esse livro parece ser daqueles que nos deixam suspirando por tudo que poderia e não foi. *-*

    ResponderExcluir
  17. Eu preciso mesmo ler logo esse livro! Parece ser lindo! *-*
    Adoro livros que são contados em cartas, estou super curiosa!
    Beijos,
    Déia!
    Own mine

    ResponderExcluir
  18. Adoro este livro, a primeira vista achei que seria mais uma estória, mais depois de lê-lo mudei totalmente minha opinião, é um livro lindíssimo!!!

    ResponderExcluir
  19. Li esses dias esse livro em ebook e posso te dizer que chorei muitoooo..que história linda,envolvente ee ao mesmo tempo angustiante ...Espelth & David te fazem torcer por eles e que obtenham um final feliz...Sem sombra de dúvida, foi o melhor livro (desse estilo) que li neste ano de 2014 e duvido que outro consiga superar. Preciso dele em papel pra poder relê-lo sempre que eu quiser.Parabéns por sua resenha, ficou incrível.
    bjs

    ResponderExcluir
  20. Esse livro me cativa, cada vez que leio uma resenha de fico com mais água na boca ainda!
    Inicialmente porque eu amo romance! Sou apaixonada por ler lindas histórias de amor, com conflitos, sofrimentos, mas onde todos terminam "felizes para sempre".
    Eu acho que a vida real já é dura e sofri o suficiente, então gosto de ler coisas que me dão esperanças de que tudo sempre acaba bem. Bobo neh? rsrs
    E esse livro parece ser intenso, daqueles que te preende.. e vc mesmo disse que o final é perfeito, amo livros que nao me decepcionam no final, pois não tem coisa pior do que você se encantar com um livro durante toda a sua leitura e chegar no final ele não surpreender, é frustante.
    Parabens pela resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Oiee.
    Eu ainda não li o livro e essa resenha é a primeira que leio, e gostei do que li.
    O livro já me interessava porque achei a capa linda, e depois de ler sua resenha me interessei mais ainda e quero muito lê-lo o mais rápido possível, me pareceu ser uma história bastante emocionante e quero conhecê-la também.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  22. Sou louca com cartas as pessoas deviam escreve-las mais, quero muito conhecer essa história, que se passa através das cartas em tempos de guerra, estou bem curiosa, gostei muito da resenha.

    ResponderExcluir
  23. Achei esse livro bastante interessante, principalmente essa proposta de cartas. Amo histórias que se passam em tempos de guerra e em um século que não vivemos. A capa é cativante e o romance parece tocar no fundo da nossa alma. Vou amar ler.

    ResponderExcluir
  24. Um romance diferente e emocionante ao mesmo tempo. Não havia lido nada sobre ele e fiquei encantada com a descoberta. Vou tentar ler. Obrigada pela resenha. Beijos.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o blog.
Deixe seu link para que eu possa retribuir.
Obrigada e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...