Resenha do livro: Um Perfeito Cavalheiro de Julia Quinn

segunda-feira, 10 de março de 2014




                      Título original: An offer from a gentleman
                      Editora Arqueiro
                      Literatura estrangeira/Romance de época
                      Número de páginas: 304


Sinopse: Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse parece um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, ela é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, porém, ela consegue entrar às escondidas no aguardado baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhece o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois. Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas


"Um Perfeito Cavalheiro" é o terceiro livro da série de romance de época 'Os Bridgertons'. Os livros possuem começo, meio e fim, mas é interessante acompanhar a ordem de lançamento porque eles soltam alguns detalhes dos livros anteriores. A família Bridgertons é totalmente adorável, amável, determinados e lutam pela felicidade um do outro, por isso a série me conquistou, além de ter uma narrativa leve e envolvente.

A história é sobre Benedict, o segundo filho mais velho. Ele é educado, lindo, reservado e conhece a mulher dos seus sonhos num baile de máscaras, mas a dama que o fascinou não lhe revela sua identidade. Depois que ela vai embora encantada por ele, ele passa vários meses a sua procura sem sucesso. Isso o frusta, porém ele não perde as esperanças de se casar com essa mulher que acendeu uma chama dentro dele.

A dama do baile é Sophie Beckett, a filha ilegítima do conde Penwood que a tratava como sua pupila. Quando o conde se casou novamente, sua madrasta Araminta a rejeitou e depois que o conde morre piora porque ela a trata como escrava até seus 21 anos. Sophie sofre muito nas mãos dela e de sua irmã postiça Rosamund. Posy, também sua irmã postiça, é a que a trata com mais carinho.

Quando os Bridgertons oferecem um baile de máscaras como forma de arrumar casamentos, as três são convidadas e Sophie recebe ajuda da governanta para ir ao baile escondida, porém tem que voltar antes das três mulheres. Sophie fica maravilhosa nos trajes de sua avó e fascina Benedict. Os dois passam momentos agradáveis e quando sentem que foram feitos um para o outro, Sophie tem que ir embora correndo, mas esquece sua luva.

"Ela estava ali, com ele, e era o paraíso. O perfume suave dos cabelos dela, o leve gosto salgado de sua pele - ele pensou que ela nascera para repousar na proteção de seus braços. E ele nascera para abraçá-la. pág 187

Benedict não esquece a bela dama e vai à casa dos Penwood a sua procura por causa da luva, mas não descobre a verdade. Araminta deduz que Sophie foi ao baile e a expulsa de sua casa. Sophie e Benedict se reencontram alguns anos depois no interior e ele a salva de um assédio sexual, porém ele não a reconhece. Benedict a leva para trabalhar em sua propriedade.

Sophie vai despertar sentimentos em Benedict por ser fina, inteligente e atenciosa, mesmo sendo uma criada. Ela sempre foi apaixonada por ele, então passa momentos perfeitos ao seu lado, mas sabe que não podem ficar juntos por não serem da mesma classe social e ela não aceita se tornar sua amante. Os dois vivem um grande romance, porém vão ter que lutar contra diversos fatores para que ele se consolide. Sophie é muito realista e Benedict ainda está apaixonado pela dama do baile, mas ainda não sabe que elas são a mesma pessoa.

A família toda aparece no livro e a Lady Bridgertons é fantástica. O livro é uma releitura incrível do conto da Cinderela que ficou doce, encantador e apaixonante. A narrativa em terceira pessoa da Julia Quinn é uma delícia e as crônicas da Lady Whistledown continuam a todo vapor e são ótimas para entendermos a sociedade. As páginas são amareladas e a diagramação é simples. A capa segue o padrão da série e está linda e fofa.

Eu li o livro inteiro suspirando e sorrindo e o final é lindo demais. É por isso que amo os romances de época porque sabemos que o final será feliz, mas é prazeroso acompanhar as aventuras dessas heroínas e desses cavalheiros. Amei e super recomendo!!!!!!!








18 comentários:

  1. Oi Joyce :)

    Sua resenha despertou muito a minha atenção e já coloquei o livro na lista de desejados!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro, amei a resenha
    Beijos
    http://segredosdacahlima.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ler essa serie. So tenho o primeiro. Preciso ler logo!

    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Joyce!
    Essa série é muito fofa! Estou para ler esse livro, adoro releituras de contos e o da Cinderela é o mais doce de todos. Já percebi que a história arranca muitos suspiros, quero muito! :)

    Beijos,

    Rafa {Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafaelle,
      A série é maravilhosa e essa releitura está fofíssima.
      Leia sim!
      bjs

      Excluir
  5. Olá Joyce,


    Só vejo elogios em relação a esse livro e série, gosto muito de romances de época também....parabéns pela sua resenha....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marco,
      Essa série é leitura obrigatória para fãs de romances de época.
      Obrigada
      bjs

      Excluir
  6. Oi Joyce! Eu adoro a série, o primeiro é meu favorito, mas nenhum deles me deixou descontente, e a volta da mamãe cheia de opinião foi maravilhosa, eu tinha sentido falta de uma participação maior dela no livro dois. Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida,
      O primeiro é lindo demais!
      A mamãe é maravilhosa.
      bjs

      Excluir
  7. sabem eu ja li muitas resenha sobre esse livro mas não o li anda mas pelo que você falou acho que vale a pena
    livro-azul.blogspot.com.br
    @livroazul

    ResponderExcluir
  8. Oi Joyce!
    Quero ler essa série para experimentar os romances de época. Todas resenhas que leio de algum livro dessa série falam bem sobre eles.

    Beijos,
    http://www.epilogosefinais.com/

    ResponderExcluir
  9. A ed. Arqueiro é maravilhosa pra fazer liindas capas!
    Teve um evento na minha cidade sobre romances de época, e falaram sobre essa autora, então desde esse dia tô ansiosíssima pra ler essa série, parece ser bom. E embora sejam 8 livros (até agora), creio que o numero de fãs irá aumentar

    ResponderExcluir
  10. Quero muito ler... amo romances de época!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o blog.
Deixe seu link para que eu possa retribuir.
Obrigada e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...