Resenha do livro: O Diário de Litat de Claudemir de Oliveira

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012



                         Editora Novo Século
                    Literatura fantástica
                    Número de páginas: 272


Sinopse: Bnus e Qeb cresceram no mesmo vilarejo, brincando entre pedras e ruínas e, quando jovens, prometeram ficar juntos sempre. Suas vidas estavam entrelaçadas pelo sentimento mais puro do ser humano: o amor. No entanto, seus sonhos foram ceifados por divindades que os colocaram em caminhos opostos. Os olhos de Bnus, que antes brilhavam de felicidade, se tornam obscurecidos pelo Mal. Qeb, por sua vez, passa a lutar para manter e propagar o Bem pelos vilarejos. Mas embora tenham que se enfrentar por um propósito divino, o amor que os unia prevalece… Litat é o descendente desta história, e nasce com dons herdados desde o tempo de seus avós. Ele terá o livre arbítrio de usá-los, porém, sua omissão poderá acarretar danos ao seu povo.


O Diário de Litat é um livro de fantasia que como o nome já diz é narrado pelo Litat, um jovem que tem dons herdados de seus avós porque desafiaram os deuses do bem e do mal em nome do amor que sentiam um pelo outro.

A história começa com a apresentação da mitologia criada pelo autor que resumidamente existem o Deus do Bem, Rum, e o Deus do Mal, Irdasofeu, além do Deus Supremo. Eles escolhiam seus representantes para a perpetuação de suas ações e quem fosse escolhido não poderia recusar. O escolhido receberia os poderes e caso realizasse as ações correspondentes podiam ganhar a vida eterna.

Numa época, os avós de Litat, Bnus e Qeb eram apaixonados um pelo outro e pretendiam se casar, porém como obra do destino, Rum, escolhe Qeb para ser sua representante, separando-os brevemente.

Bnus fica arrasado e já não sabendo mais o que fazer, resolve se apresentar a Irdasofeu para poder ganhar o vida eterna mas se esquece que se tornará uma pessoa perversa. Na luta final, o amor entre ambos vence e eles voltam a ficar juntos como era antigamente com a única diferença de terem que viverem longe de suas famílias.

"Mantiveram assim toda a humanidade livre da intervenção dos deuses, pois enquanto existir um amor puro e verdadeiro entre os mortais, todos terão o livre arbítrio de estar entre o Bem e o Mal."

Eles partem para essa viagem e conhecem outros povos, passam por grandes dificuldades e encontram um lugar perfeito para morar. Lá nasce Xofe, pai de Litat. E é aí que Litat  narra sua história que nasceu com poderes de Rum e tem que decidir se seguirá seus instintos para ajudar a humanidade livrando-a do mal.

Litat passa por grandes aventuras, encontra um amor verdadeiro e tem que decidir se irá atrás dos descendentes de Irdasofeu, os chamados Genjufeus, para exterminar o mal.

Uma das partes que mais gostei foi quando Litat passa pelas cidades antigas e são descritas no livro como o Egito e Grécia. E como eu sou fascinadas pelas cidades antigas, eu amei essas citações.

A narrativa gira em torno do bem e do mal, como suas ações podem influenciar a humanidade. As aventuras apresentadas durante o livro são bem legais e dão um toque bem interessante.

A diagramação é simples com as páginas amareladas e a capa achei bem chamativa e condizente com o tema do livro. Gostei bastante do livro e depois de um certo número de páginas já lidas, atraiu totalmente minha atenção. Recomendo para quem gosta de livros de fantasia e de informações sobre cidades antigas e mitologia.







Sobre o autor



Claudemir de Oliveira nasceu em 27 de dezembro de 1971 na cidade de Cascavel – PR. Formado em Ciências Econômicas e Direito, e pós-graduado em Comunicação Empresarial e Marketing, iniciou-se no universo literário aos 14 anos de idade, publicando pequenos textos e poemas num jornal local de sua cidade. Aos 27 anos, lançou o livro O Anjo Plantador de Árvores, numa editora independente.
O Diário de Litat está concluído desde 2002, e agora se torna livro pelo selo Novos Talentos da Literatura Brasileira.



Contatos: 

Blog: http://diariodelitat.blogspot.com.br/
Facebook: http://www.facebook.com/pages/O-Di%C3%A1rio-de-Litat/211645542301634?fref=ts

5 comentários:

  1. Eu gosto de história que fazem a gente refletir e nos levam a outros lugares, outras culturas,outros povos,mitos , deuses enfim...rs parece bacana esse livro! Gostei muito da resenha.
    Bjs e boas festas!
    http://mundoliterando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcia,
      Obrigada. Esse livro apresenta tudo isso.
      Boas festas!
      Bjs

      Excluir
  2. Olá vim convidar vc para um sorteio que está rolando no meu blog,venha ver e se gostar participe, bjs Trícia.

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse livro e nem o autor
    Mas parece ser uma boa estoria

    Beijos
    Boas festas *-*
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Angela
      É uma história bem interessante
      Bjs

      Excluir

Seu comentário é muito importante para o blog.
Deixe seu link para que eu possa retribuir.
Obrigada e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...