Resenha do livro: Zac e Mia de A. J. Betts

quinta-feira, 12 de novembro de 2015




                    Título original: Zac and Mia
                    Editora Novo Conceito
                    Literatura estrangeira/Sick-lit
                    Número de páginas: 288


Sinopse: A última pessoa que Zac esperava encontrar em seu quarto de hospital era uma garota como Mia - bonita, irritante, mal-humorada e com um gosto musical duvidoso. No mundo real, ele nunca poderia ser amigo de uma pessoa como ela. Mas no hospital as regras são diferentes. Uma batida na parede do seu quarto se transforma em uma amizade surpreendente. Será que Mia precisa de Zac? Será que Zac precisa de Mia? Será que eles precisam tanto um do outro? Contada sob a perspectiva de ambos, Zac e Mia é a história tocante de dois adolescentes comuns em circunstâncias extraordinárias.


Eu adoro sick-lit que é um gênero literário com narrativa triste, melancólica e carregada de emoção. Esse gênero sempre nos mostra como a realidade da vida é nua e crua, portanto não espere histórias com felizes para sempre ou que todos os personagens sobrevivam. Apesar do sofrimento das histórias, elas sempre nos mostram que a esperança é a última que morre e que vale a pena lutar pela vida.

A história é sobre Zac e Mia, dois adolescentes que apesar da pouca idade, já enfrentam uma batalha pela vida. Zac Meier tem leucemia e acaba de fazer um transplante de medula depois que a doença retorna. Ele está acostumado com a rotina do hospital e luta bravamente para sobreviver, principalmente pela sua mãe. A família de Zac vive em uma fazenda turística com filhotes de animais e colheitas, atraindo pessoas de todos os lugares para visitas. Toda a família de Zac o apoia muito e sua mãe não o deixa um segundo dentro do hospital.

Devido a complexidade do transplante de medula, Zac fica trancafiado dentro do quarto do hospital por mais de um mês e começa a ficar entendiado. Ele sempre foi um exemplo para seus familiares e conhecidos, embora não se sinta melhor que ninguém, já que ele não escolheu essa vida e gosta de ver o lado positivo de tudo. Zac gosta de fazer amizades dentro do hospital, já que lá é sua segunda casa.

A enfermeira Nina é uma grande amiga, assim como o paciente Cam que sempre fica no quarto do lado e tem tumor cerebral. A maioria dos pacientes na ala oncológica são idosos, portanto quando tem um paciente mais jovem, é uma ótima oportunidade de fazer novos amigos. Um dia, Zac ouve uma grande confusão no quarto ao lado e escuta novas vozes alteradas. Ele descobre que é Mia, uma adolescente rebelde que está inconformada com sua doença: câncer no osso do tornozelo.

"De todos, eu sou o menos corajoso. Nunca me alistei para essa guerra. A leucemia me convocou, essa filha da puta." pág 51

Como ele não pode sair do quarto, eles passam a se comunicar através de batidas na parede e bilhetes, até que ela o adiciona no facebook. Zac fica confuso se a aceita porque nunca a viu pessoalmente, mas resolver adicioná-la, pois sabe que ela precisa de amigos. Zac percebe que ela não contou para ninguém sobre a doença e está vivendo virtualmente como sempre fez, o que é muito estranho. Zac e Mia acabam virando amigos dentro do hospital e isso faz com seus dias sejam mais interessantes. Quando Zac recebe alta, Mia tinha sido transferida de andar e excluído o facebook, portanto Zac fica sem notícias dela por muitos meses.

Mia quer fugir da sua nova vida. Ela não se conforma com o câncer que teve e que levou seu pé e metade da canela. Ela fica amputada, sem cabelo, sem namorado, sem amigos e perdida. Ela está revoltada com a vida e só pensa em fugir para longe do hospital e de todos ao seu redor. Ela pega uma mochila, coloca alguns itens pessoais e pouco dinheiro, e parte para longe da cidade. Ela não tem destino e por obra do acaso, vai parar na fazenda de Zac. Zac fica surpreso com a visita de Mia e só quer ajudá-la, pois percebe como ela está confusa e triste.

A partir daí, os dois vão estreitar os laços e ajudar um ao outro, apesar dos contratempos. Será que Mia um dia vai deixar o passado para trás, apesar de toda a dor e ser feliz novamente? Será que Zac vai viver sua vida normalmente depois do transplante? Zac é fissurado em pesquisas na internet sobre câncer e sabe as porcentagens que tem de cura. A relação que eles vão construindo é bem difícil porque Mia não confia nas pessoas. A história entre os dois é linda e cheia de significados, pois a transformação que eles tem ao longo do livro é muito marcante. O final é perfeito e me deixou emocionada.

A narrativa é intercalada entre Mia e Zac, o que é ótimo porque descobrimos os dois lados da história. O livro é divido em três partes. Não gostei muito da capa porque não atrai muito os leitores e não tem a ver com a história. As páginas são amareladas e a diagramação é simples com detalhe de flor em todos os inícios de capítulos. Fiquei com vontade colocar o Zac no colo de tão fofo, compreensivo e amoroso que ele é, pois ele não deixou a leucemia o destruir por dentro. Mia é mais cabeça dura e rebelde, mas é uma situação que deixaria qualquer um assim. Adorei os dois.

Amei o livro.  O livro é perfeito <3


6 comentários:

  1. Oi!!! Lindo seu blog!!!!
    Esse não é o tipo de livro que gosto..mas fiquei interessada!!! Muito boa sua resenha!!!
    Gosto do tipo the walking dead hehe
    bjs

    http://diariodalulu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie! Adorei a resenha, gostei muito da capa desse livro e resolvi procurar um pouco mais sobre ele, com certeza entrou para a lista de desejados!
    Beijos,
    Mundo de Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dayane,
      Obrigada.
      Esse livro é incrível. Leia sim!
      bjs

      Excluir
  3. Oi amigaaaa, eu quero muito ler esse livro, desde antes da NC lançar, a capa original dele é linda e me chamou a atenção logo de cara, algumas pessoas dizem que não gostaram da Mia, mas ainda assim eu queria ler, adorei saber mais da trama na sua resenha, que é sempre mais que completa, espero poder ler logo :) beijos!
    http://www.trocandodisco.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga,
      Leia!!!! Vale muito a pena.
      Obrigada <3
      bjs

      Excluir

Seu comentário é muito importante para o blog.
Deixe seu link para que eu possa retribuir.
Obrigada e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...