Resenha do livro: A Ordem Perdida de Gabriel Schmidt

sexta-feira, 26 de abril de 2013






           Novo Século / Novos talentos da literatura brasileira
           Literatura Nacional / Fantasia
           Número de páginas: 168



Sinopse: A Liga dos Yethis traz consigo o espírito de seis jovens guerreiros que precisam encontrar a Ordem. Um pequeno artefato que não demonstra o quanto a existência da humanidade depende dele. Ável com seus amigos terá de enfrentar inúmeros inimigos, diversas dimensões e poderes; além da fúria dos deuses adormecidos. Acompanhe a corajosa trajetória desse grupo que promete não desistir de sua busca.



A Ordem Pedida é um livro que trata sobre mitologia e aventura onde podemos notar uma inspiração bem forte de Percy Jackson (o Gabriel me contou que também se inspirou no Harry Potter e nas Crônicas de Gelo e Fogo, que não li ainda), ou seja, para quem gosta desse gênero vai curtir a leitura desse livro.

A história é sobre 10 guerreiros: Ável, Angie, Tétrada, Diátrolun, Áurea, Lilip  (jovens guerreiros), Harte, Iáfia (mestres de Rapolla), Green (líder das Sipas) e Gabriel (mestre de espadas de Genóblia) que partem em uma missão: encontrar a ordem perdida. Os seis jovens têm em comum serem filhos de deuses mas que foram criados por humanos. Quando atingem uma determinada idade, eles são recrutados para treinamento, onde aprendem a usar seus poderes.

Ável tem uma atitude que é proibida pela divindade e como castigo recebe uma missão. As pessoas mais próximas dele são chamadas para se tornarem a Liga do Yethis. Eles têm um breve treinamento e partem para a aventura, pois precisam enfrentar uma força maligna.

Os seres mitológicos são bem descritos, bem criativos como também a descrição dos personagens, embora não tenha muita profundidade sobre cada um, já que o livro é pequeno. Um fator interessante é que a história é ambientada em São Paulo e em algumas cenas conhecemos alguns pontos da cidade e só depois entramos no mundo mágico da história que se adentra através do edifício Martinelli.


"Todos vestiam os mesmo trajes do dia anterior. Estávamos prontos para seguir rumo à nossa missão, no hall de entrada do castelo, com todos os aprendizes nos observando. Austofener tinha pedido a Destlão para pegar a Ordem e nos entregar. Ele correu em direção ao corredor dos deuses."

O livro é narrado por vários personagens em primeira pessoa, o que particularmente, não me agradou tanto porque embora esteja escrito o nome de quem é o narrador no início de cada capítulo eu sempre me confundia por serem  curtos, mas um detalhe que gostei bastante é que todos os capítulos possuem um título bem sugestivo chegando a ser divertido. 

A aventura começa quando eles partem nessa missão, já que enfrentam criaturas estranhas e passam por provações. Achei tudo bem interessante, embora tenha sentido falta de descrições maiores nos acontecimentos, já que fiquei curiosa para saber mais sobre as cenas. A amizade, o amor e a lealdade são tratados muito bem no livro.

A leitura do livro é rápida pelos motivos já citados e leve, sendo ótima para aqueles dias que ansiamos por livros com aventura mas sem muita enrolação. Como não poderia faltar, também tem o toque romântico na medida certa. O final deixa uma brecha para o segundo livro, no qual fiquei bem curiosa. Achei a capa bem bonita, a diagramação é simples e as folhas são amareladas.

Recomendo para os leitores iniciantes, principalmente para as crianças e adolescentes, que com certeza vão gostar desse mundo criado pelo Gabriel e também para quem gosta de mitologia e aventura.

28 comentários:

  1. Oi Joyce, tudo bem?

    Eu li Game of Thrones! Gostei, mas não é o meu genero preferido. Fico na dúvida se irei gostar desse livro pq eu AMO Harry Potter, mas Game of Thrones é um pouco mais pesado e tal, então acho que para mim, o gostar do livro dependeria em qual das duas sagas o autor se inspirou mais =P

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kel,
      Tenho vontade de ler GOT. Então, como não li não posso te dizer em qual ele se inspirou mais rs
      bjs

      Excluir
  2. Oi Joyce. Esse tipo de aventura não é meu gênero favorito. Mas claro que eu daria uma chance. Nunca saberia se gosto do livro se eu não ler.

    Beijinhos no coração e um excelente sábado para você.

    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu li esse livro e gostei :)
    Muito boa a sua resenha.
    Bjokass

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi. O livro dever ser muito bom, a capa já chama bastante atenção!!
    Deu até vontade de ler..
    Estou seguindo seu blog, muito bom! Da uma olhadinha no meu e se gostar segue também!

    Bjus:

    http://minhasreallidades.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mirella,
      A capa chama mesmo a atenção, que bom :)
      Obrigada
      bjs

      Excluir
  5. Oii..
    Ainda não li "As crônicas do gelo e do fogo", mas se tem inspiração em Harry Potter, já é meio caminho andado, rs!
    Gostei de conhecer o livro :)

    Beijos e um ótimo final de semana, Lu ♥
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Gostei da resenha, ainda não li muitas sobre esse livro.
    Estou com ele na estante e logo devo começar a ler.

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Gostei da sua resenha.
    Não conhecia o livro, mas também não o leria agora, tenho alguns outros na frente.
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Joyce! Como eu te disse eu já tinha visto a capa desse livro, porém eu não lembrava de ter lido a sinopse, eu amo Percy Jackson *-* gostei bastante do tema e da leitura ser acelerada, o me deixa muito mais animada pra ler um livro haha quanto ao estilo da narrativa, quando tem muita ação eu acabo me perdendo e me confundindo demais haha por mais que eu me concentre, eu devo ter algum problema hahaha que bom que tem romance *-*
    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nanda,
      Eu também amo Percy *.*
      Então esse é perfeito para você rs
      bjs

      Excluir
  9. Eu gosto muito de mitologia e ainda com umas pitadinhas de romance, fica tudo de bom! Ah, eu não conhecia o livro, mas quero muito ler agora! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta,
      Também gosto de mitologia.
      Que bom :)
      bjs

      Excluir
  10. Já faz um tempo que venho de olho nessa livro só pelo fato de a capa ser muito linda! Mas lendo a resenha deu pra perceber que ele tem um gênero que eu gosto muito e que sempre gosto de ler. Deve ser interessante, ainda mais por ter uma leitura leve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rossana,
      Que bom que gosta desse gênero, você vai gostar do livro sim :)
      bjs

      Excluir
  11. Oi Joyce! Eu já tinha visto o livro, mas a sua resenha foi a primeira que li, eu esperava mais, não um livro tão leve, acabou perdendo um pouco da atratividade. Sei lá, não seria mais uma prioridade de leitura.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida,
      Ele é não é tão detalhado nas cenas de ação. Se fosse mais, seria perfeito.
      bjs

      Excluir
  12. De primeira, adorei as inspirações para o livro, amo essa temática e espero que ''A Ordem Perdida'' não fuja de minhas espectitivas quando eu tiver a oportunidade de ler.
    A resenha está ótima e acredito que seja uma ótima leitura. Fiquei curiosa com um coisa, os guerreiros, por serem criados por humanos, já sabem quem são desde sempre ou só na hora mesmo (assim como Percy Jackson)? Acho que esse detalhe não chega a ser spoiler, não? :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mah,
      Tomara que você goste.
      Obrigada
      Então, eles não sabem, só ficam sabendo quando chega a idade certa.
      bjs

      Excluir
  13. Ainda não conhecia o livro. Só as inspirações já me fazem querer ler rsrs.
    Parece muito bom e eu adoro esse toque de mitologia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Evelyn,
      As inspirações são ótimas :)
      bjs

      Excluir
  14. Oi Joyce!
    Amei a resenha e não vejo a hora de ler esse livro!
    Me parece bastante parecido com Percy Jackson, mas só lendo para notar as diferenças...
    Bjo

    ResponderExcluir
  15. Fazia um bom tempo que eu procurava algo desse gênero que fosse me agradar, mas nunca encontrava, mas agora finalmente consegui mais uma boa série que siga esse padrão de deuses e seus poderes.
    A única coisa que me desagradou foi que a estória não se focou em apenas um personagem ou um pequeno grupo, mas sim haviam vários pontos de vista o que muitas vezes me deixou meio tonta e perdida, assim como até o final do livro não consegui assimilar a habilidade de cada um assim como os nomes. Para o Gabriel assimilar os personagens foi fácil porque ele os criou, mas para mim foi realmente complicado prosseguir com a leitura sem conseguir de fato me lembrar como aquele personagem foi trazido a escola ou até mesmo de quem ele era filho, o que me levou a pensar que provavelmente o Gabriel não conseguiu construir uma personalidade marcante para cada personagem, acho que eles ficaram muito iguaizinhos.

    Blog: http://worldbehindmywall.fanzoom.net/
    Twitter: https://twitter.com/Blog_WBMW

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o blog.
Deixe seu link para que eu possa retribuir.
Obrigada e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...