BatePapo.com #1 com Josiane Veiga

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013
Olá pessoal,

A nova coluna do blog é para entrevistas \0/. Vou começar em grande estilo com a autora Josiane Veiga, autora de vários livros e que nesse semestre seu livro "A Insígna de Claymor " será relançado pela MODO Editora.
Confiram!!!





Nome: Josiane Veiga
Nasceu em: Sapucaia do Sul - RS - no dia 29/01/1984
Vive em: Ijui/RS
Formação: Técnica em processamento de dados.
Trabalha com: Seguros.
Hobby: Arte, livros...
Vive com: Pais.




1º) Olá Josiane. É um prazer poder fazer essa entrevista com você. Gostaria que você se apresentasse para os leitores do blog.

Josiane Veiga - Bom, sou gaúcha, gremista, escritora. É difícil me definir, pois sou uma pessoa bastante incomum, quase excêntrica. Sou alguém que valoriza a personalidade mais que a aparência. Franca, costumo atrair críticas por dizer sempre o que penso, não me escondendo sobre a máscara da neutralidade. Ao mesmo tempo sou bastante leal, amiga e humana.




2º) Fale um pouco dos seus livros e como você se inspirou para escrevê-los?

Josiane Veiga - Bom, tenho muitos livros. A Saga Jishu (Rendição/Redenção/Remissão) foi o que me projetou no cenário nacional. É a história de vida de cinco jovens homossexuais, que se conhecem na infância, montam uma banda, e passam a vida fingindo serem héteros por causa da aparência. Depois veio A Insígnia de Claymor, que será relançada em junho pela Modo Editora, e é um polêmico romance medieval, que fala sobre religião e incesto. A Rosa Entre espinhos é meu romance mais clichê, pois é a mocinha que se apaixona pelo mocinho super poderoso. Mesmo que o mocinho na verdade se torne um estuprador e cause muito mal a ela, acredito que é a história mais comum. Depois temos A SENHORA DAS MONTANHAS que é um spin off de Guardians, da autora Luciane Rangel. E Traços, o último dos livros lançados, que também se destina ao publico queer, e fala de um elfo e um humano que se apaixonam.
Sobre inspiração, não acho que exista algo que me inspire... as histórias simplesmente surgem do nada. Traços por ex: eu estava escrevendo Remissão e uma amiga me disse: queria ler algo estilo Tolkien das suas mãos. Não deu outra: um mês depois o livro estava pronto.



3º) Com tantos livros, você já te tornou uma autora experiente. Como você vê o cenário literário nacional nos últimos anos e como os seu livros são recebidos pelos leitores?

Josiane Veiga - Acho que o Brasil tem muito o que crescer. A Modo esta se tornando uma referência nesse ponto, focada em autores nacionais. Existe muita gente boa pronta pra ser descoberta e lançar, mas também tem gente ruim, como em qualquer lugar. Eu costumo dizer que vendo. Afinal, meus livros queer são alguns dos poucos disponíveis para esse publico. A maioria que procura um romance gay fica completamente órfão dessa literatura, porque praticamente não existe obras destinadas a eles... então, em relação a vendas eu nunca pude me queixar...
Acho que já construí meu público, mas, para quem está começando do nada, vejo muita dificuldade pelo caminho.



4º) A editora Modo será sua primeira experiência com editoras? O que você sente de ter seu livro publicado e estar alcançando um maior número de leitores? Como eu, por exemplo, que passei a te conhecer através do CNA (Clube dos Novos Autores).

Josiane Veiga - Sim, a Modo é a minha primeira experiência. Quando assinei com a editora, uma das coisas que disse para a Adriana (minha agente na editora) foi que estava empolgada com a possibilidade de A Insignia de Claymor ser lida também por pessoas que jamais iriam me ler se não fosse pela "apadrinhagem" da Modo. Sejamos francas, eu sou marcada pela literatura queer, e muitas pessoas não iriam adquirir e ler o livro se não fosse pela marca Modo.



5º) O livro A Insígna de Claymor será relançado nesse semestre. Conte-nos mais sobre a história. Será uma série? Eu, particularmente, estou fascinada pela capa e pela sinopse.

Josiane Veiga - A Insígnia de Claymor não pertence a uma série. No sentido de publicação, me inspirei em "Ana Terra" e "Um Certo Capitão Rodrigo" de Érico Veríssimo. Por mais que os livros se interliguem, ambos são histórias próprias com começo, meio e fim. Sim, existe um projeto de lançar um 2° volume, mas ainda preciso planejá-lo maior.
A história é centrada em uma excêntrica família, os Claymor, pertencentes a nobreza inglesa, mas que são tão diferentes que se tornam isolados. O pai, Albert, um erudito apaixonado por livros, tem dois filhos: Alexei e Jehanie. Os dois filhos são inteligentes, geniosos, perfeitos, senão o fato de que existe uma certa sensação pecaminosa entre ambos. Alexei é loucamente apaixonado por Jehanie, capaz de fazer qualquer coisa pela irmã. Ela sente algo por ele, mas é inocente (para não dizer boba) demais para saber o que é. Quando surge Garreth, um bonito conde francês, a vida dos dois vira um inferno, pois Jehanie aceita se casar com ele, quase destruindo o coração de Alexei.
Certo em acabar com o noivado da irmã, ele a leva para a Inglaterra, mas durante o percurso, ela é sequestrada e quase morta. Nesse inteirim, perde a memória e é encontrada por um homem devastado pela dor, chamado Daniel. A ironia é que Daniel odeia Alexei, e pretende se vingar dele através da irmã. Mas, Daniel não conhece o rosto da irmã de Alexei, então acaba ajudando uma moça que é seu alvo.
O livro acaba sendo polêmico porque é cru, real. Quando lançado a primeira vez no Clube de Autores recebi comentários de pessoas revoltadas pela forma como mostrei a religião (IDC se passa durante a perseguição aos protestantes), e o tratamento as mulheres.
É uma história sem vilões, apenas pessoas buscando desesperadamente ser feliz. Possui bons coadjuvantes que chegam a roubar a cena algumas vezes, mas acho que Jehanie acaba sendo o tipo inesquecível de mocinha. Até hoje recebo comentários sobre ela e pedidos para que o 2° Volume saía logo. Alexei também é um marco. Impossível ser indiferente a um personagem como ele. Existe fanfarts dele, feitas por leitoras apaixonadas, o que me tocou muito.




6º) Quais são seus planos para esse ano com relação A Insígna de Claymor?

Josiane Veiga - Em 2013 quero ir com calma. Lançar o livro, divulgar, ver no que vai dar. Talvez se sair alguma feira aqui por perto (Rio Grande do Sul) eu vá. Mas, tudo com calma, para fazer bem feito.



7º) Você está escrevendo alguma obra? Se sim, você pode nos adiantar sobre o que se trata?

Josiane Veiga - Estou terminando o 3° Livro da trilogia Jishu (Rendição, Redenção e Remissão). Rendição teve 481 paginas. Redenção, 415 e Remissão está prestes a alcançar as 500 páginas e sequer está pronto. Então estou bastante focada nele.
Também, de forma mais leve, estou escrevendo o meu primeiro romance infanto-juvenil. É um sonho escrever algo para crianças ou adolescentes. Todos os meus livros até então lançados são destinados a maiores de 18 anos.





8º) Você poderia deixar uma mensagem para os leitores do blog. Obrigada pela disponibilidade Josiane. Adorei poder conhecer melhor você e o seu trabalho!

Josiane Veiga - Muito obrigada pelo carinho, Joyce. Achei o máximo poder falar um pouco sobre meus projetos, e agradeço também aos seus leitores pelo interesse. Ah, por favor, leiam A Insígnia de Claymor! Em Junho, pela Modo Editora!





Sinopse:
Europa, Idade Média
Jehanie Claymor é uma jovem Lady que cresceu protegida pelo amor incestuoso do irmão Alexei. Sem conhecer os perigos e maldades da época, ela foi mimada e amada ao extremo. Mas, em uma viagem em que abandona o castelo de seu pai para ir de encontro ao seu noivo Garreth, vê todas as suas ilusões românticas chegando ao fim.
Sir Daniel Trent só busca vingança. Sua irmã mais jovem foi seduzida pelo cavaleiro Alexei Claymor, e abandonada por ele após engravidar. Sem esperança, a jovem matou-se, deixando Trent com a incumbência de limpar sua honra. No entanto, seu destino muda completamente ao encontrar uma jovem que perdeu a memória. E assim, sem saber, ele acaba se apaixonando pela irmã de seu maior inimigo...


Gostaram? Eu estou super curiosa para ler :)


Contatos:

Blog: http://fic-lovers.blogspot.com.br/
Facebook: http://www.facebook.com/pages/Josiane-Veiga/275636389145858?sk=wall
Twitter: https://twitter.com/JosianeVeiga

10 comentários:

  1. Oi Joyce! Estou adorando os novos quadros do blog. Eu não conhecia a escritora, foi uma ótima entrevista.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida,
      Que legal que esteja gostando :-)
      Obrigada
      Bjs

      Excluir
  2. Adorei a ideia!!
    A autora é uma fofa e o livro dela parece bem interessante.
    Adorei a entrevista.

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, adorei as perguntas e as respostas da entrevista...Nossa!!!!!!!!!!! Que capa linda!! Adorei!!
    Beijinhos
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marli,
      Obrigada, quem bom que gostou :)
      Também adorei a capa.
      bjs

      Excluir
  4. Nossa, adorei *-*
    Que capa lindaaa ♥
    Meu sonho era ser ruiva e ter olhos azuis, então pense como fico quando vejo capas como essa *---* hauahuaha
    Esperando ansiosa pelas próximas entrevistas :)
    Beijinhos!
    http://fulanaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kezia,
      Obrigada *.*
      Também amei essa capa rs
      Em breve trarei mais entrevistas.
      bjs

      Excluir
  5. Parabéns pelos novos quadros do blog
    Estou gostando bastante

    Beijos
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angela,
      Fico feliz que esteja gostando. :-)
      Bjs

      Excluir

Seu comentário é muito importante para o blog.
Deixe seu link para que eu possa retribuir.
Obrigada e volte sempre :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...